Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Toyota pode sair do ‘circo’

A Toyota pode abandonar o ‘circo’ da Fórmula 1, caso não consiga vencer corridas e andar nos primeiros lugares na campanha 2009, assumiu ontem o responsável máximo pela escuderia, John Howett, no Autódromo do Algarve, onde decorrem testes de várias equipas.
21 de Janeiro de 2009 às 00:30
Toyota aposta muito esta época
Toyota aposta muito esta época FOTO: Jose Manuel Ribeiro / Reuters

"Esta temporada é importantíssima. Temos discutido muito com a administração e estamos conscientes das dificuldades. Sabemos o que representa ganhar este ano", frisou Howett.

Ainda assim, o responsável da Toyota considera a Fórmula 1 "em melhores condições do que outras modalidades para enfrentar a crise económica mundial." "Dispomos de argumentos superiores aos do futebol em muitos países, por exemplo. Com menos dinheiro, as pessoas podem ficar em casa e a F1 chega-lhes pela televisão."

Apesar dos custos acrescidos pelo sistema de travagem KERS, a ser testado e discutido no seio de várias escuderias, Howett adiantou que as escuderias vão gastar menos dinheiro em 2009: "Menos um terço do que em 2008."

A propósito do KERS, o italiano Jarno Trulli, um dos pilotos da Toyota, adiantou não saber quando é que poderá ser utilizado: "É algo novo que precisa de mais testes."

Além de Trulli, ontem também rodaram em Portimão (enquanto a chuva deixou) Sebastien Buemi (Toro Rosso), Pedro de la Rosa (McLaren), Nelson Piquet (Renault) e Nico Rosberg (Williams). O filho de Keke Rosberg está satisfeito com as alterações introduzidas na regulamentação para este ano. "Vai haver maior equilíbrio e competitividade", salientou.

Hoje é esperado no Algarve o actual campeão do Mundo Lewis Hamilton. Outro campeão, Fernando Alonso, também fará testes.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)