Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Ações da SAD do Benfica sobem mais de 70% após anúncio da OPA

Preço da oferta é de 5 euros, o mesmo a que as ações entraram em bolsa em 2001.
Jornal de Negócios 19 de Novembro de 2019 às 09:36
Estádio da Luz
Estádio da Luz FOTO: Francisco Paraíso
As ações da SAD do Benfica estão a subir 70,29% para os 4,7 euros esta terça-feira, 19 de novembro, depois de o Sport Lisboa e Benfica SGPS, que detém 66,9% das ações de categoria B da SAD, ter lançado ontem à noite uma oferta de aquisição (OPA) sobre o equivalente a mais 28,06%.
Segundo o anúncio preliminar de lançamento da OPA, divulgado esta segunda-feira à noite junto da CMVM, o preço da oferta é de 5 euros, o mesmo a que as ações entraram em bolsa em 2001. Esta oferta corresponde a um prémio de 81,15% face ao fecho da sessão desta segunda-feira (2,76 euros).

Com a subida superior a 70%, as ações da SAD do Benfica aproximam-se do valor que a SGPS oferece na OPA. 

"O preço oferecido por ação visa assegurar que os acionistas que adquiriram as suas ações na sociedade visada no decurso da oferta pública de distribuição em 2001 possam vender as ações de que são titulares a um preço semelhante ao preço nominal a que as mesmas foram então subscritas (1.000 escudos, ou seja, 4,99 euros)", explicou o clube em comunicado. O valor máximo da operação é de 32,7 milhões de euros

A SLB SGPS detém todas as ações de categoria A, que são 40%, incidindo agora a compra sobre as de categoria B (ordinárias). A um preço de 5 euros por ação, a SAD fica avaliada em 115 milhões de euros, valor que iguala assim o do seu capital social.

O Benfica revelou também que não irá requerer a saída de bolsa da SAD benfiquista, "mantendo-se assim as ações admitidas à negociação em mercado regulamentado (Euronext Lisbon)".

Em atualização


Sport Lisboa e Benfica SGPS SAD OPA economia negócios e finanças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)