Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Falcão declara-se culpado ao Fisco espanhol e iliba Jorge Mendes

Jogador colombiano chegou a acordo para pagar 6,9 milhões de euros.
J.C.M. 15 de Setembro de 2017 às 12:58
Falcao celebra o golo marcado na partida
Jorge Mendes
Falcao celebra o golo marcado na partida
Falcao celebra o golo marcado na partida
Jorge Mendes
Falcao celebra o golo marcado na partida
Falcao celebra o golo marcado na partida
Jorge Mendes
Falcao celebra o golo marcado na partida

O jogador de futebol Radamel Falcão chegou a acordo com a Agência Tributária de Espanha para resolver o processo que lhe foi movido por fuga aos impostos. Segundo avança o jornal espanhol El Mundo, o colombiano assumiu todas as culpas e ilibou Jorge Mendes e todos os seus assessores.

O periódico avança que o atual avançado do Mónaco, que jogou em Espanha ao serviço do Atlético de Madrid, acordou pagar 6,9 milhões de euros. Tendo em conta que já havia entregue ao Fisco espanhol 8,2 milhões de euros, será agora reembolsado em 1,3 milhões.

Lembre-se que Jorge Mendes foi consituído arguido neste processo e foi chamado a depor em tribunal, tendo negado que tenha montado um esquema para que Falcão ou qualquer outro dos jogadores que representa fugissem aos impostos. Mendes foi referido na audiência do processo que o Fisco abriu a Cristiano Ronaldo, mas não terá ainda prestado declarações nesse caso.

O acordo conseguido por Falcão resultará no final do processo que corria contra si. A decisão do jogador de assumir culpas resulta da estratégia da firma de advogados que o representa, a Baker & McKenzie, que desde há uma semana passou a representar Cristiano Ronaldo no processo que lhe foi instaurado pelo Fisco de Espanha. Falcão pagou voluntariamente 8,2 milhões e disse querer resolver rapidamente o caso, para que este não afetasse o seu rendimento desportivo e a sua vida familiar.


Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)