Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Frederico Varandas expulsa claques de Alvalade

Sporting dá cinco dias para a Juventude Leonina e o Directivo Ultras XXI abandonarem as instalações.
Mário Figueiredo 26 de Outubro de 2019 às 01:30
Claques têm pedido a demissão do presidente do Sporting
Frederico Varandas rasgou os protocolos com a Juve Leo e o Directivo XXI
Luan jogou na vitória (2-0) do Alverca dinate do Sporting na Taça
Claques têm pedido a demissão do presidente do Sporting
Frederico Varandas rasgou os protocolos com a Juve Leo e o Directivo XXI
Luan jogou na vitória (2-0) do Alverca dinate do Sporting na Taça
Claques têm pedido a demissão do presidente do Sporting
Frederico Varandas rasgou os protocolos com a Juve Leo e o Directivo XXI
Luan jogou na vitória (2-0) do Alverca dinate do Sporting na Taça
A direção do Sporting deu cinco dias para as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixarem os espaços que ocupam nas imediações do Estádio José Alvalade. O CM sabe que as duas cartas registadas para acabar com a cedência de instalações já foram enviadas, mas apenas uma chegou ao destino.

O Directivo Ultras XXI foi notificado esta sexta-feira, mas a Juve Leo não. A claque não recebeu a carta, que tem de ser levantada em mão, na sua morada oficial, precisamente no Estádio de Alvalade. Segundo apurou o CM, a Juve Leo já sabe que terá de abandonar as instalações, mas se não levantar a carta registada o clube entende que se trata de uma recusa e tomará "outras medidas".

A expulsão das instalações onde eram guardadas tarjas, megafones e bandeiras é mais um episódio da guerra que a direção presidida por Frederico Varandas abriu com as claques e que levou ao cancelamento dos protocolos de apoio. Ainda na quinta-feira, Juve Leo e Directivo Ultra XXI foram impedidos de entrar no estádio para o jogo da Liga Europa.

Os membros que estiveram presentes, e que tiveram de pagar bilhete do seu bolso, apoiaram a equipa na partida com o Rosenborg (triunfo por 1-0), mas no final voltaram a pedir a demissão de Varandas. Mostraram lenços brancos e viraram as costas ao relvado.

O CM sabe que a direção leonina não vai recuar na sua tomada de posição, que terá novos desenvolvimentos nos próximos dias.

Leão perde caso da Taça
O Conselho de Disciplina (CD) da FPF arquivou esta sexta-feira o processo resultante de uma queixa do Sporting, que queria que o Alverca fosse eliminado da Taça de Portugal pela utilização irregular do médio Luan no embate entre as duas formações, que os ribatejanos venceram por 2-0.

Luan tinha sido expulso no jogo anterior, com o Loures (1-1) para o Campeonato de Portugal, e os leões entendiam que não podia jogar, porque estaria automaticamente suspenso por "tempo", já que o castigo de dois jogos só foi conhecido após o embate da Taça.

O CD considerou que a sanção a aplicar a Luan teria de ser sempre por jogos, que terá de cumprir no Campeonato de Portugal, como está previsto no regulamento disciplinar da FPF, pelo que não deu razão ao clube de Alvalade e arquivou o caso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)