Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Jorge Jesus: “Isto é uma vergonha”

Leões acreditam que não há matéria para castigar o treinador.
Mário Figueiredo 1 de Setembro de 2015 às 01:00
Jorge Jesus reclamou por diversas vezes com a equipa de arbitragem no jogo com a Académica
Jorge Jesus reclamou por diversas vezes com a equipa de arbitragem no jogo com a Académica FOTO: Paulo calado

"Isto é uma vergonha!" Foi este o desabafo de Jorge Jesus após o árbitro Bruno Esteves não ter assinalado falta de João Real sobre Slimani (45’) na área da Académica, situação que levou o quarto árbitro André Moreira a dar a indicação ao juiz principal para expulsar o técnico no encontro do passado domingo que os leões venceram (3-1).

Segundo apurou o CM, Jorge Jesus sentiu-se injustiçado com a decisão do árbitro setubalense e protestou. O quarto árbitro, que estava junto dele, comunicou o sucedido a Bruno Esteves, que deu ordem de expulsão e escreveu o incidente no relatório do jogo. Contudo, os dirigentes leoninos acreditam que não há matéria para o Conselho Disciplinar da Federação Portuguesa de Futebol, que analisa hoje o caso, castigar o treinador. A punição pode ficar por uma repreensão e multa. Só após reincidência são aplicados castigos de suspensão.

Assim, tudo aponta para que Jorge Jesus esteja no banco em Vila do Conde, onde os leões defrontam o Rio Ave na quarta jornada da Liga, que se realizará apenas no dia 13. A Liga está agora parada devido aos compromissos das seleções.

O CM sabe que Jesus, apesar de contestar as últimas arbitragens, não tem utilizado o tema no discurso proferido dentro do grupo de trabalho e não quer que os jogadores sintam que as falhas são exclusivas do apito. 


jorge jesus sporting treinador expulsão castigo jogo académica
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)