Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

José Mourinho vê derrota sadina com o filho em Setúbal

Ex-técnico do Manchester United nas bancadas do Bonfim.
Ricardo Lopes Pereira 23 de Dezembro de 2018 às 09:43
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
José Mourinho assistiu no Bonfim ao jogo entre o Vitória de Setúbal e o Santa Clara
No dia em que José Mourinho, ex-treinador do Manchester United, regressou ao Bonfim para ver o seu V. Setúbal, o Santa Clara levou a melhor sobre os sadinos que, ao perderem (2-0), sofreram a quarta derrota consecutiva (três no campeonato e uma na Taça de Portugal).

Os golos que deram o triunfo aos açorianos foram apontados por Osama Rashid (15’, penálti) e Fábio Cardoso (49’). Depois de uma primeira parte em que não fizeram um único remate à baliza, os comandados de Lito Vidigal só após o intervalo conseguiram criar lances de perigo junto da baliza contrária.

Apesar da pressão dos vitorianos, que acusaram o facto de terem realizado três jogos em menos de uma semana, o Santa Clara conseguiu segurar a vantagem ganhando pela quarta vez em sete jornadas fora do arquipélago.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)