Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

"O crime faz parte do dia a dia", diz Bruno de Carvalho

Presidente do Sporting garante que a equipa vai estar no Jamor a jogar a Taça de Portugal.
15 de Maio de 2018 às 22:03
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho continua a somar guerra após cinco anos
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho continua a somar guerra após cinco anos
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho continua a somar guerra após cinco anos
Bruno de Carvalho

O presidente do Sporting reagiu esta terça-feira ao ataque de que foram alvo jogadores e treinadores da equipa de futebol, em Alcochete.

"Não é o meu modus operandi ver a família que eu escolhi a ser agredida", diz Bruno de Carvalho.

O dirigente garante que os leões vão à final da Taça de Portugal "Claro que vamos estar no Jamor, claro que vamos jogar".

Bruno qualifica o que aconteceu em Alcochete como "um ato de criminoso", mas acrescentou que "Está tudo a correr dentro da normalidade. O crime faz parte do dia a dia". "Foi chato", acrescenta Bruno de Carvalho, que diz que se está a transformar " um caso policial num caso desportivo".

Em declarações à Sporting TV, o presidente leonino relata que encontrou os jogadores em Alcochete "em estado de choque", mas diz que a equipa vai recuperar para jogar a final da Taça de Portugal contra o Desportivo das Aves.

"Os jogadores num primeiro momento ficaram em estado de choque, mas vamos estar no Jamor. Muita gente não queria, mas vamos lá estar. Os jogadores estão tristes com o que aconteceu, mas querem jogar".

Bruno de Carvalho diz que "é preciso saber quem foram" os adeptos que invadiram Alcochete, para que o clube possa tomar "as medidas necessárias". E lembrou que "o Sporting há muito tempo que fala da questão da violência, na questão das claques, quando outros continuam a dizer que a legalização não é importante".

Marta Soares convoca órgãos sociais
Também na noite desta terça-feira, Jaime Marta Soares, presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, anunciou que vai convocar uma reunião dos órgãos sociais do clube para a próxima segunda-feira.

"Nenhum jogador me transmitiu que quer sair do clube ou que não quer estar presente no Jamor", declarou Marta Soares à imprensa. Este afirmou que falou com praticamente todos os elementos do plantel e que apesar de serem momentos complicados todos querem honrar a camisola do clube.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)