Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Vieira caça milhões na China

Presidente do Benfica tem recebido emissários chineses e agora retribui a visita.
Mário Figueiredo 7 de Dezembro de 2016 às 08:25
Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica
Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica FOTO: Pedro Ferreira
Luís Filipe Vieira vai à China, na próxima semana, em busca de parcerias milionárias para o Benfica, apurou o Correio da Manhã.

O presidente do clube da Luz viaja no âmbito da internacionalização do clube. O CM sabe que o objetivo passa pela dinamização e abertura de mais escolas de futebol do clube, por angariar um patrocinador para o ‘naming’ do estádio e também alinhavar algumas transferências de jogadores do plantel principal para clubes chineses.

Vieira pretende ainda retribuir a visita de vários emissários de clubes e empresas chineses, que têm vindo ao Estádio da Luz e ao centro de estágio do Seixal regularmente para conhecer as instalações e a realidade do clube.

A possibilidade de transferir jogadores para clubes chineses, com o argentino Salvio à cabeça, é real, apurou o CM. Além do médio, que pode sair por 25 milhões de euros, também o avançado Raul Jiménez (o jogador mais caro na história do Benfica e do futebol nacional, 22 milhões de euros) está na montra para os chineses, mas neste caso o valor ronda os 40 milhões.

O investimento dos chineses no futebol europeu tem vindo a aumentar substancialmente, e o Benfica quer estar na linha da frente neste domínio específico.

O clube português é uma referência do futebol europeu e quer manter a internacionalização da marca Benfica. As águias já têm uma academia de futebol na China com mais de 500 crianças inscritas e o objetivo é aumentar o número de escolas naquele país.
Luís Filipe Vieira China Benfica Estádio da Luz Seixal Salvio Raul Jiménez desporto futebol
Ver comentários
C-Studio