Federação de Desportos no Gelo quer pista em Lisboa

O presidente da Federação diz que m Portugal "não há" atletas federados, porque "nunca houve" uma estrutura.
10.01.15
  • partilhe
  • 0
  • +
Federação de Desportos no Gelo quer pista em Lisboa
Maurício Xavier, diz que pista de gelo em Lisboa vai "estimular" a prática do hóquei no gelo em Portugal Foto Direitos Reservados

O presidente da Federação Portuguesa de Desportos no Gelo, Maurício Xavier, defendeu este sábado a construção de uma pista de gelo na região de Lisboa para "estimular" a prática do hóquei no gelo em Portugal.

"É uma vertente que nunca foi aproveitada em lado nenhum. Eu continuo a achar que Lisboa era o local ideal para ter a primeira pista, para aproveitar o número de habitantes dessa região", disse, salientando que "a partir do momento que Lisboa se inicie nesta área, o resto do país vai pegar na ideia". Maurício Xavier falava aos jornalistas à margem de uma partida de hóquei no gelo que decorreu este sábado no Coliseu Rondão Almeida, em Elvas, entre seleções amadoras de Portugal e da República Checa.

O presidente da Federação Portuguesa de Desportos no Gelo explicou ainda que em Portugal "não há" atletas federados, porque "nunca houve" uma estrutura (pista de gelo) para a prática da modalidade, sublinhando ainda que este tipo de infraestruturas tem um "enorme potencial". De acordo com Maurício Xavier, os praticantes da modalidade em Portugal são oriundos da prática do hóquei em linha, sendo a maioria da região de Lisboa.

"Portugal tem cerca de 30 a 40 praticantes de hóquei no gelo, contando com os praticantes de hóquei em linha", disse. Enquanto não surge em Portugal uma pista de gelo para a prática da modalidade, os `amantes´ do hóquei no gelo rumam há sete anos consecutivos a Elvas para praticar este desporto na pista de gelo instalada durante a época de natal naquela cidade alentejana.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!