Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Banca ‘despacha’ casas penhoradas

A braços com uma prolongada escassez de liquidez e perante a subida do crédito malparado entre os particulares, os bancos nacionais estão a desenvolver campanhas com condições vantajosas que permitam a venda dos imóveis executados que têm em carteira.
24 de Março de 2011 às 00:30
Muitas famílias têm demonstrado maiores dificuldades em pagar a prestação da casa aos bancos
Muitas famílias têm demonstrado maiores dificuldades em pagar a prestação da casa aos bancos FOTO: Bruno Colaço

Três das maiores instituições financeiras nacionais, BES, BCP e CGD, estão a tentar vender 346 imóveis – entre apartamentos, terrenos rústicos, moradias ou espaços para comércio – com o objectivo de arrecadarem, pelo menos, 22,9 milhões de euros.

No seu site, o Millennium BCP anuncia em lugar de destaque uma campanha com "imóveis em saldo" que arranca já hoje e termina no final deste mês. Os preços, garante a instituição, "traduzem descontos em relação ao valor de mercado". São 160 imóveis de norte a sul do País num total de 9,78 milhões de euros.

Já a CGD coloca a leilão, no próximo fim-de-semana, através da empresa especializada Luso--Roux, um total de 126 espaços cujo preço base de licitação atinge os 7,77 milhões de euros.

Também no seu site, o BES, de Ricardo Salgado, tem um espaço dedicado à campanha bimensal de Março a Abril que reúne 60 imóveis a preço de desconto e com condições particulares de financiamento. O lote de casas reunido pelo banco ascende a 5,35 milhões.

Quem optar por comprar estes imóveis recorrendo a empréstimos dos três bancos vê os juros serem ligeiramente reduzidos. O Millennium BCP oferece uma Taxa Anual Efectiva (TAE) de 2,904 por cento e um spread desde 1 por cento. O BES oferece um spread geral de 1,5 por cento. Além disso, as comissões de avaliação e de dossiê não são cobradas.

CASAS BANCOS PRESTAÇÕES
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)