Centeno mantém meta do défice para 2019 "acomodando" nova injeção no Novo Banco

Governo prevê um défice de 0,2% do Produto Interno Bruto em 2019.
16.03.19
  • partilhe
  • 0
  • +
O ministro das Finanças disse à Lusa que o Governo prevê manter os objetivos quer ao nível da despesa quer do défice para 2019, mesmo acomodando fatores como a injeção de capital no Novo Banco.

"Naquilo que é a nossa estimativa, que vai ser apresentada de novo com o programa de estabilidade, a expectativa que temos é a de que consigamos manter os objetivos, quer do lado da despesa quer do lado do défice para 2019, mesmo acomodando diferentes fatores" como o Novo Banco, disse hoje Mário Centeno em declarações à Lusa, quando questionado sobre os alertas lançados na quinta-feira pelo Conselho das Finanças Públicas (CFP), em relação ao impacto de novas injeções de capital no Novo Banco.

O Governo prevê um défice de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 e o CFP revelou que antevê um défice de 0,3% este ano, que pode, contudo, agravar-se em 0,4 pontos percentuais, até 0,7% do PIB em 2019, considerando a utilização de 1.149 milhões de euros em 2019, dos quais 400 milhões de euros já estão previstos no Orçamento do Estado para este ano.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!