Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Dívida pública atinge recorde acima de 251 mil milhões antes de reembolso ao FMI

A emissão de títulos de dívida em Outubro levou o valor do endividamento do Estado para um novo máximo em valor.
3 de Dezembro de 2018 às 11:12
Mário Centeno
Mário Centeno
Mário Centeno no debate do Orçamento de 2019
Mário Centeno
Mário Centeno
Mário Centeno no debate do Orçamento de 2019
Mário Centeno
Mário Centeno
Mário Centeno no debate do Orçamento de 2019

A dívida pública portuguesa situou-se em 251,1 mil milhões de euros em Outubro deste ano, o que representa um salto de 2,1 mil milhões de euros face a Setembro e representa um novo máximo histórico quando analisada a dívida pública em valor nominal e não no peso que tem na economia (este último é o indicador mais relevante).

Numa nota publicada esta segunda-feira, o Banco de Portugal explica que "para este aumento contribuíram essencialmente as emissões de títulos de dívida em 1,9 mil milhões de euros".

Portugal está a aumentar a almofada de liquidez com o objectivo de reembolsar todo o empréstimo ao FMI até final do ano, pelo quando este for liquidado, o valor da dívida pública deverá voltar a descer.

"Os ativos em depósitos das administrações públicas aumentaram 1,3 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um acréscimo de 0,8 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 224,5 mil milhões de euros", explica o Banco de Portugal.

Portugal Banco de Portugal FMI economia negócios e finanças macroeconomia banco central
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)