Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Função pública recebe menos nos salários

Descongelamento das carreiras não compensa redução nos ordenados.
António Sérgio Azenha 19 de Janeiro de 2018 às 08:48
Função Pública
Função Pública
Função Pública
Função Pública
Função Pública
Função Pública
Função Pública
Função Pública
Função Pública
Os funcionários públicos vão receber, a partir desta sexta-feira, salários mais baixos por causa da eliminação do pagamento de 50% do subsídio de Natal em duodécimos. Por esta via, a redução do vencimento oscilará entre 1% e cerca de 3,5%, segundo as contas do CM.

Regra geral, quanto mais elevado for o ordenado, maior será a redução salarial, uma vez que o valor mensal do duodécimo do subsídio de Natal aumentava em função do vencimento. Com os novos escalões de IRS, a nova tabela de retenção na fonte poderá atenuar a diminuição nos salários mais baixos. Certo é que os funcionários públicos vão receber este mês um ordenado inferior ao recebido em dezembro de 2017.

O descongelamento das carreiras permitirá um aumento de 51 euros, que serão pagos em quatro fases. O que será insuficiente para compensar o fim do pagamento de 50% do subsídio de Natal em duodécimos. Em contrapartida, os subsídios de férias e de Natal serão pagos por inteiro. Em 2019, após a entrega das declarações de IRS deste ano, o Fisco fará o acerto final sobre os rendimentos de 2018, através do reembolso do IRS.
Função pública salários descongelamento carreiras ordenados
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)