Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Recipiente ajuda a espalhar pastas

26 de Maio de 2012 às 15:10
Jovens desenvolveram produto inexistente no mercado
Jovens desenvolveram produto inexistente no mercado FOTO: Nuno Fernandes Veiga

Antonieta Almeida, Inês Coutinhas, Joana Gomes, Lane Castro e Margarida Machado compõem a equipa de alunas do Colégio Luso-Internacional de Braga (CLIB) que venceu o prémio Accenture EWB Collaboration Award, no prestigiado concurso Ja-ye Europe Trade 2012.

Antonieta Almeida, Inês Coutinhas, Joana Gomes, Lane Castro e Margarida Machado compõem a equipa de alunas do Colégio Luso-Internacional de Braga (CLIB) que venceu o prémio Accenture EWB Collaboration Award, no prestigiado concurso Ja-ye Europe Trade 2012.

As cinco jovens desenvolveram um inovador e original objecto destinado a facilitar a vida a quem leva as refeições para o local de trabalho – o ‘spread-eat’.

"É um recipiente maleável que nos permite transportar dois recheios à escolha [Nutella e manteiga/geleia e maionese, por exemplo] e barrá-los em pão ou bolachas, em qualquer lugar e a qualquer hora", explicam as jovens.

Além de servir para guardar o produto, este novo objecto dispensa a utilização de outros utensílios. "Este produto inovador foi desenvolvido de modo a que a sua forma côncava possibilite a sua utilização, como faca ou colher, tendo em conta as necessidades do consumidor actual".

"Tudo começou quando a nossa professora de Economia nos apresentou o programa JAP (Junior Achievement Portugal). O nosso objectivo era encontrar algo que faltasse no mercado de modo a melhorar a vida dos consumidores", contam as jovens.

O protótipo do recipiente foi produzido de forma gratuita por empresas parceiras, mas para passar à produção para comercialização precisam de um investimento de cinco mil euros, para além dos custos associados ao fabrico.

"Nas feiras em que participámos cativámos vários investidores que se mostraram interessados, mas todos exigem um plano de negócio detalhado, o qual, para já, não temos recursos para concluir", referem Antonieta Almeida, Inês Coutinhas, Joana Gomes, Lane Castro e Margarida Machado.

Quanto à participação na JA-YE Trade, em Zurique, as cinco jovens são unânimes em afirmar que foi uma experiência "fantástica". "Estivemos a competir com 90 outras miniempresas de toda a Europa e a competição era bastante difícil, porém, mesmo assim, conseguimos mostrar ao júri as nossas capacidades, ganhando um dos prémios, o EWB Award, correspondente à empresa com mais parceiras ao nível internacional", sustentaram.

Equipa CLIB

Antonieta Almeida, Inês Coutinhas, Joana Gomes e Margarida Machado têm 15 anos; Lane Castro tem 16 anos. São todas alunas do 10.º ano no Colégio Luso-Internacional de Braga, cidade onde vivem, com excepção de Margarida, que é de Guimarães.

Investimento

Para produzir o recipiente, a equipa precisa de um investimento de cinco mil euros.

Prémio 

O Accenture EWB Collaboration Award é atribuído, anualmente, a uma pequena empresa que se distinga pelo desempenho, interligação e colaboração junto de outras pequenas empresas em todo o Mundo, através do desenvolvimento de parcerias que permitem inovadoras ligações comerciais além-fronteiras.

Primeiro Emprego Sub30 Braga Spread-eat
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)