Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos

Pais prostituem a filha de 7 anos em troca de droga e dinheiro

James Stewart e Teri Sanchez, do Reino Unido, mandavam a filha para a escola com sapatos de salto alto.
19 de Maio de 2018 às 16:59
prostituição, criança
Criança, maus-tratos, crime
prostituição, criança
Criança, maus-tratos, crime
prostituição, criança
Criança, maus-tratos, crime

James Stewart e Teri Sanchez, residentes no Reino Unido, prostituíram a filha de 7 anos em troca de droga e dinheiro, chegando mesmo a mandar a menina para a escola de sapatos de salto alto e com marcas de sangue na roupa. O crime foi denunciado por uma professora e os agressores foram presos, depois da enfermeira da escola confirmar que a menina tinha sido violada.

Segundo noticiou o jornal The Sun, os professores disseram que uma vez a criança chegou tão suja à escola que eles nem conseguiam perceber de que cor era a roupa.

A professora que denunciou o crime disse que tentou ajudar a menina de outras formas, dando-lhe roupa e comida mas que decidiu tomar realmente uma atitude após ter guardado as cuecas ensanguentadas da menina como prova e um polícia as ter deitado no lixo.

"Eu liguei ao Departamento de Família e denunciei a situação, alertei-os para a sua condição física e psicológica. Depois disso, liguei para a polícia sempre que ela me contava coisas que os pais lhe iam fazendo", disse a professora ao jornal.

Em tribunal, foram lidos testemunhos chocantes do dia a dia vivido pela menina. O julgamento de James e Teri terminou na passada sexta-feira mas ainda não é conhecida a sentença.

Teri Sanchez James Stewart Reino Unido enfermeira The Sun maus-tratos prostituição criança
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)