Correio da Manhã

Morreu Oliver Hoare, ex-amante da princesa Diana
Foto Getty Images
Foto Getty Images
16:11
  • Partilhe
Negociante de arte é apontado pela imprensa britânica como tendo sido o amante da "princesa do povo".

Oliver Hoare, o homem que é apontado pela imprensa britânica como tendo sido o amante da princesa Diana, morreu esta segunda-feira, na sua casa em França, depois de uma longa batalha contra o cancro.

De acordo com o Daily Mail, o negociante de arte e a mãe de William e Harry começaram um relacionamento amoroso quando o pai da "princesa do povo" morreu, em março de 1992.

Oliver era casado com Diane de Waldner, uma nobre francesa cuja família era herdeira de um império petrolífero. O casal tinha três filhos. O negociante era um amigo intímo do príncipe Carlos e frequentava com regularidade o Castelo de Windsor com a família.

Os rumores começaram quando um ex-segurança da Casa Real disse ter visto um "homem semi-nu e a fumar um charuto" atrás de uma árvore no Palácio de Kesington. Ainda assim, Oliver nunca confirmou os boatos.

Segundo avança a imprensa britânica, o caso entre os dois terminou em 1993, quando a mulher de Oliver descobriu tudo e o ameaçou com o divórcio. Essa situação terá levado a princesa Diana a bombardear o amante com chamadas telefónicas, facto que esta confirmou meses mais tarde durante uma entrevista.

Oliver Hoare estudou história de arte em Paris e mais tarde especializou-se em arte islâmica.

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE