Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

1200 abusadas no Ano Novo

Polícia liga crimes sexuais ao aumento da imigração.
Isabel Faria 13 de Julho de 2016 às 01:45
Número de ataques sexuais foi muito superior ao inicialmente divulgado
Número de ataques sexuais foi muito superior ao inicialmente divulgado FOTO: EPA
Mais de 1200 mulheres terão sido atacadas sexualmente por cerca de dois mil homens na noite de Ano Novo na Alemanha. O número, muito superior aos 359 ataques reportados inicialmente, consta de um novo estudo elaborado pela polícia federal agora divulgado pelo jornal alemão ‘Sueddeutsche Zeitung’.

Só em Colónia, mais de 600 mulheres foram vítimas de agressões sexuais, seguindo-se Hamburgo com 400 ataques. Até agora, apenas 120 suspeitos foram identificados, metade dos quais estrangeiros que chegaram recentemente à Alemanha. Destes, só quatro foram julgados, tendo dois sido condenados com pena suspensa.

A polícia alemã admite que os crimes estão relacionados com o aumento da imigração e frisa que muitas das queixas foram inicialmente registadas como roubos. A maioria dos envolvidos pode nunca ser identificada, por o país ter poucas câmaras de vigilância.
Ano Novo Sueddeutsche Zeitung Hamburgo Colónia abusos Alemanha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)