Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Afinal há mais homens do que mulheres

Portugal é o 13.º país com menos homens por cada 100 mulheres.
P.Z.G. 20 de Agosto de 2015 às 20:50
Os dados são das Nações Unidas FOTO: Getty Images

Ouvimos muitas vezes dizer que há mais mulheres do que homens no mundo, mas o Pew Research Center vem refutar esta ideia. Com base em dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o centro de investigação norte-americano concluiu que, em média, existem 101,8 homens para cada 100 mulheres, e que o sexo masculino está territorialmente mal distribuído. Portugal ocupa o 13.º lugar na tabela dos países com menos homens por cada 100 mulheres: 89,9.

De acordo com o estudo, o número de habitantes do sexo masculino no planeta tem vindo a crescer desde a década de 1960. Martinica, uma ilha das Caraíbas, tem a menor proporção de homens por cada 100 mulheres: 84,5. Já os Emirados Árabes Unidos encontram-se no extremo oposto, com 274 homens por cada 100 mulheres. No Qatar os dados da população revelam 165,5 homens por cada 100 mulheres, sendo que o estudo explica que a discrepância se deve à quantidade de homens estrangeiros que vão trabalhar para aquela zona do globo. (Veja o mapa abaixo e conheça as diferenças entre os países com maior número de mulheres, a azul, e com maior número de homens, a castanho).

Os países da ex-URSS, como a Letónia, a Lituânia, a Ucrânia, a Arménia, a Bielorrúsia ou a Estónia, encontram-se no 'top 10' dos países com menos homens por cada 100 mulheres. Além da esperança média de vida nestes países (65,3 anos para os homens e 77 anos para as mulheres), fatores históricos, como as duas Guerras Mundiais, terão contribuído para uma maior discrepância entre habitantes do sexo masculino e feminino.

O Pew Research Center observou ainda que, em países do norte de África e na Ásia, a proporção de mulheres é inferior à de homens. Em causa, de acordo com os dados fornecidos pela ONU, estará o infanticídio feminino e o aborto seletivo de meninas, em países como a China ou a Índia.

Ver comentários