Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Al-Qaeda divulga 20ª suicida

Um terrorista saudita morto em 2004, no seu país, esteve para ser o 20.º suicida do 11 de Setembro, e não Zacarias Moussaoui – divulgou a al-Qaeda num comunicado difundido através da internet.
14 de Junho de 2006 às 00:00
“Turki bin Fuhaid al-Mutairi (Fawaz Al-Nashmi), que Deus o tenha aceite como mártir, foi quem Osama bin Laden escolheu para ser o suicida número 20 na batalha de 11 de Setembro de 2001” – lê-se no referido comunicado posto a circular na ‘net’.
O texto, cuja autenticidade não pôde ser comprovada, especifica que o 20.º suicida não era Zacarias Moussaoui – condenado a prisão perpétua –, que segundo o comunicado nada teve a ver com o 11/9.
Turki al-Mutairi foi morto em Junho de 2004, na capital da Arábia Saudita, Riade, depois de ter participado num ataque contra cidadãos estrangeiros noutra cidade saudita, al-Khobar. Além de al-Mutairi, foram ainda mortos outros três terroristas, na sequência de uma troca de tiros com as forças policiais.
Recorde-se que o ataque de Khobar foi um dos mais sangrentos perpetrados pela al-Qaeda na Arábia Saudita. Militantes disfarçados de elementos da segurança mataram então 22 civis, durante um violento tiroteio, tendo ainda feito vários reféns.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)