Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Autoridades alertam para surto de doença mortal na Grécia

Ministério das Relações Exteriores diz que os viajantes devem tomar medidas preventivas.
18 de Junho de 2019 às 17:16
Praia da Grécia
Praia da Grécia FOTO: Getty

Os turistas que viajam para a Grécia este verão estão a ser alertados para terem precauções extra contra os mosquitos naquele país. Cerca de 50 pessoas morreram no ano passado e agora o Ministério das Relações Exteriores reforçou o alerta para todos os visitantes do país do mediterrâneo.

O continente e a ilha vizinha do Chipre têm sido afetadas por um surto do vírus do Nilo Ocidental. As autoridades de saúde gregas também alertaram sobre os riscos potenciais da doença, conta o jornal britânico The Mirror.

A doença causa sintomas típicos da febre, como dores de cabeça, mas, em casos graves, pode ser fatal. Acredita-se que o vírus seja transmitido por mosquitos após estes se alimentarem de sangue de aves selvagens.

Danai Pervanidou, da organização de saúde pública grega Keelpno, revela que "já houve casos suficientes para saber que esta é agora uma questão de saúde pública".

"O vírus estabeleceu-se na Grécia por meio de aves migratórias e estamos a recomendar que todos tomem medidas de proteção pessoal, como usar mangas compridas, evitar lugares com água estagnada e usar mosquiteiros e repelentes", acrescentou.

Como um dos destinos europeus mais visitados do mundo, as autoridades estão a trabalhar para controlar o surto da infecção.

Programas de consciencialização para profissionais da área médica foram intensificados com folhetos informativos distribuídos nos aeroportos, segundo os relatórios do jornal britânico The Guardian.

Nilo Ocidental Grécia doenças epidemias e pragas vírus turistas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)