Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Cancro mata noiva pouco depois de casar

Kate casou com o pai dos filhos, com quem manteve uma relação durante 13 anos.
27 de Março de 2014 às 16:50
Kate deixa dois filhos, Lewis, de dez anos, e Molly, de oito
Kate deixa dois filhos, Lewis, de dez anos, e Molly, de oito FOTO: Facebook

Kate Wiggin realizou o seu último desejo 72 horas antes de morrer, vítima de cancro. Esta britânica, de 29 anos e com dois filhos, uma menina de oito anos e um menino de dez, casou com o homem que amava e com quem viveu nos últimos 13 anos.

A mãe de Kate, Janet Cleaver, contou ao 'Express & Star' que a filha se queixava de dores no estômago há 18 meses, mas que os médicos sempre lhe disseram que o problema era provocado por cálculos nos rins (vulgarmente conhecido por pedras nos rins). Em fevereiro, diagnosticaram-lhe um cancro terminal.

Assim que conheceu o diagnóstico, Kate Wiggin decidiu casar-se com o pai dos dois filhos, Gary, com quem mantinha uma relação estável.

Janet Cleaver não esconde o orgulho que sente da filha, que descreve como "a pessoa mais forte que alguma vez" conheceu. "Ela não conseguia andar e tinha muitas dificuldades em respirar, mesmo assim estava determinada a trocar as alianças."

Durante a cerimónia, uma ambulância e uma equipa médica estiveram presentes. O estado frágil de Kate inspirava grandes cuidados.

Kate morreu no dia 9 de março. Neste dia, estava rodeada da família e a ouvir a sua música preferida, o dueto 'Who You Love', de Katy Perry e John Mayer, que, segundo a mãe, a acompanhou sempre nos últimos dias de vida. Cerca de 600 pessoas compareceram ao funeral na cidade de Walsall em Inglaterra.

casamento cancro cancro terminal estomaho Inglaterra
Ver comentários