Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Cardeal George Pell condenado por abuso de menores

Australiano abusou de dois rapazes de 13 anos na década de noventa.
Ricardo Ramos 27 de Fevereiro de 2019 às 08:42
Decisão sobre quantos anos de cadeia Pell irá cumprir é conhecida em março
O cardeal Pell foi condenado por um tribunal de júri em Melbourne
George Pell
Cardeal Pell à chegada ao tribunal
Decisão sobre quantos anos de cadeia Pell irá cumprir é conhecida em março
O cardeal Pell foi condenado por um tribunal de júri em Melbourne
George Pell
Cardeal Pell à chegada ao tribunal
Decisão sobre quantos anos de cadeia Pell irá cumprir é conhecida em março
O cardeal Pell foi condenado por um tribunal de júri em Melbourne
George Pell
Cardeal Pell à chegada ao tribunal
O cardeal australiano George Pell, ‘número três’ do Vaticano e conselheiro próximo do Papa Francisco, foi considerado culpado de abuso sexual contra dois adolescentes de 13 anos quando era arcebispo de Melbourne, nos anos 90.

É a mais alta figura da Igreja Católica condenada por abusos de menores.

Pell, de 77 anos, foi condenado por cinco crimes de abuso sexual de menores em dezembro, mas a decisão foi mantida em segredo até esta terça-feira para não influenciar um segundo julgamento em que era acusado de outros abusos cometidos nos anos 70, e que acabou por ser anulado por falta de provas.

Os jurados consideraram provado que Pell abusou de dois meninos do coro em 1996 e 1997.

Os primeiros abusos ocorreram após uma missa na Catedral de St. Patrick, em Melbourne, quando Pell apanhou os dois menores a beberem vinho da eucaristia na sacristia e, como "castigo", obrigou-os a fazerem-lhe sexo oral.

O clérigo, que até há pouco tempo ocupou o cargo de ‘ministro das Finanças’ do Vaticano, apesar de ter sido dispensado pelo Papa em 2017 para tratar da sua defesa, arrisca 10 anos de prisão por cada um dos cinco crimes de abuso, o que equivale a um total de 50 anos de cadeia.

A audiência para determinar a pena começa esta quarta-feira e a decisão do juiz será conhecida nos primeiros dias de março.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)