Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Donald Trump alega "fraude nas urnas"

Candidato republicano diz que eleições estão "viciadas" para Hillary Clinton vencer.
Ricardo Ramos 18 de Outubro de 2016 às 08:29
Donald Trump acusa a imprensa de conspirar para impedir a sua vitória nas eleições presidenciais de novembro
Donald Trump acusa a imprensa de conspirar para impedir a sua vitória nas eleições presidenciais de novembro FOTO: Mike Segar/Reuters
Em queda nas sondagens desde que vieram a público as acusações de sexismo, o republicano Donald Trump disse ontem que as eleições presidenciais de novembro estão "viciadas" e denunciou que está a ser preparada uma "fraude em larga escala" para o impedir de vencer.

"Estas eleições estão a ser viciadas pela comunicação social a favor da desonesta Hillary e também nas urnas. Isto é triste", escreveu Trump no Twitter, sem apresentar qualquer prova da alegada manipulação.

Mike Pence, candidato à vice-presidência de Trump, ainda tentou pôr água na fervura, alegando que Trump se referia "à cobertura injusta da imprensa", mas o milionário voltou à carga pouco depois: "É claríssimo que está a ser perpetrada uma fraude em larga escala, antes e depois das eleições. Porque é que a liderança republicana nega o que se está a passar?", questionou.

As acusações do milionário foram criticadas pelo líder republicano na Câmara dos Representantes, Paul Ryan, que manifestou confiança na "integridade" do sistema eleitoral, e pelo diretor da campanha de Hillary Clinton. "Ele está desesperado, sabe que está a perder e tenta culpar o sistema. É o que fazem os perdedores", afirmou Robby Mook.
Donald Trump Mike Pence Paul Ryan Robby Mook eleições EUA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)