Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Estudantes de Cambridge despem-se para calendário

Atletas mostram corpos esculturais e as vendas vão ajudar 10 instituições que defendem causas sociais.
14 de Setembro de 2018 às 10:58
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Alunos de Cambridge despem-se para calendário de beneficência
Na habitualmente circunspecta universidade de Cambridge, em Inglaterra, uma associação de estudante tem dado que falar pela ousadia. Chama-se RAG - Cambridge Raise and Giving (Cambridge Recolher e Dar, numa tradução literal) e usa os corpos dos atletas que estudam na universidade para elaborar calendários muito sensuais.

Por estes dias, a RAG anuncia o novo calendário para 2019, com a colaboração das equipas femininas e masculinas de voleibol, esqui, futebol americano ou esgrima. As fotos de Kevin Low mostra os estudante nas salas da vetusta universidade. O calendário já está disponível para encomendas online.

Ladislaya Ladany, uma das organizadoras da iniciativa, conta ao Daily Mail que "algumas das fotos de exterior foram feitas em fevereiro, quando ainda havia neve, mas ninguém se queixou das temperaturas geladas"

Joanna Moest, uma das modelos que aparece nas imagens, conta que não faltou diversão nas sessões: "Apesar de a ideia de acordarmos para nos despirmos de madrugada não parecer muito apelativa para a equipa e para os modelos, houve entretenimento sem parar e toda a gente gostou".

As vendas dos calendários vão ajudar 10 instituições que se dedicam a causas sociais.

Daily Mail Cambridge Inglaterra RAG Kevin Low Joanna Moest calendário estudante nus despidos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)