Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

EUA prontos para atacar a Síria

Enviado especial da ONU e da Liga Árabe confirmou recurso a substâncias químicas no ataque sírio de 21 de agosto.
28 de Agosto de 2013 às 14:34
Vítimas do ataque sírio com recurso a substâncias químicas
Vítimas do ataque sírio com recurso a substâncias químicas FOTO: REUTERS/Mohamed al-Abdullah

Os Estados Unidos preparam um ataque iminente à Síria depois do enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, ter confirmado esta manhã, que o ataque sírio de 21 de agosto – que vitimou centenas de civis nos arredores de Damasco – foi feito com recurso a substâncias químicas.

O Secretário da Defesa Americano Chuck Hagel afirmou que “estão preparados todos os meios necessários para cumprir a opção que o Presidente vai tomar, e que os Estados Unidos estão prontos para atuar imediatamente em conjunto com os seus aliados. Tem que existir uma resposta rápida e haverá,” garantiu.

De acordo com a edição impressa de hoje do 'New York Times', o ataque será “limitado a apenas um ou dois dias, com lançamentos de mísseis Tomahawk feitos a partir das bases de guerra dos Estados Unidos" estacionados na Turquia, Jordânia e Golfo Pérsico.

O Irão, aliado do regime sírio de Bashar al-Assad, já fez saber que caso haja uma intervenção armada no país, será Israel a sofrer as consequências de um ataque bélico.

Síria ataques EUA ONU químicas Bashar al-Assad
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)