Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Ex-polícia culpado pela morte de George Floyd

Jurados consideraram Derek Chauvin culpado dos três crimes de que era acusado.
Ricardo Ramos 21 de Abril de 2021 às 01:30
Ex-polícia culpado pela morte de George Floyd
Ex-polícia culpado pela morte de George Floyd FOTO: Direitos Reservados

O ex-polícia Derek Chauvin foi esta terça-feira considerado culpado pelo homicídio do afro-americano George Floyd, cuja morte, em maio do ano passado, chocou a América e o Mundo. Os jurados precisaram de menos de 24 horas para alcançarem o veredito unânime.

Chauvin, de 44 anos, foi considerado culpado pelos três crimes de que era acusado: homicídio culposo, homicídio em terceiro grau e homicídio em segundo grau, o mais grave dos três, que incorre numa pena de até 40 anos de cadeia.

A decisão dos 12 jurados provocou alívio e celebração nas ruas de Minneapolis e de muitas outras cidades, onde se temia que uma eventual absolvição de Chauvin espoletasse uma nova onda de protestos violentos. Cabe agora ao juiz Peter Cahill determinar a sentença.

O caso poderá, no entanto, não ficar por aqui. O próprio juiz admitiu já que a defesa poderá recorrer alegando que os jurados foram intimidados e coagidos pelas palavras da congressista democrata Maxine Waters, que no domingo afirmou que a comunidade afro-americana não aceitaria outro veredito que não o de culpado, tendo sido acusada de apelar à violência.

Mundo George Floyd Ex-polícia Derek Chauvin América crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários