Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Foi descoberto o local mais frio do mundo

Montanha na Antártica regista temperaturas que davam para congelar os olhos, o nariz e os pulmões de qualquer ser humano.
9 de Dezembro de 2013 às 12:33
Antártica
Antártica FOTO: Alister Doyle / Reuters

Os cientistas descobriram o local mais frio do planeta Terra. As condições climatéricas registadas numa montanha da Antártica, que atinge temperaturas abaixo dos 91 graus negativos, podiam congelar os olhos, nariz e pulmões dos seres humanos em poucos minutos.

Isto ocorre porque a temperatura está quase a menos 13 graus do ponto em que o CO2 passa do estado gasoso a gelo seco (-78,5 graus Celsius).

A descoberta desta região gelada foi feita pelos investigadores do Centro de Dados Americano de Neve e Gelo (America's National Snow and Ice Data Centre), segundo o jornal 'The Sunday Times'.

Os investigadores utilizaram satélites e outras técnicas para medir as temperaturas na Antártica. Acreditam que o local com 91,2 graus negativos – um dos numerosos lugares gelados registados na montanha – está a uma altura de 3779 metros na montanha Dome Fuji.

O local é, surpreendentemente, mais frio do que a estação de investigação Vostok, na Rússia, onde a temperatura mais fria do mundo foi registada em 1983, durante o inverno antártico.

Os investigadores dizem que é provável existirem locais ainda mais frios, pois o satélite apenas mede a temperatura média num quilómetro quadrado.

“É provável que os sítios com o recorde de frio, identificados pelos dados, tenham áreas mais pequenas no seu interior que são significativamente mais frias do que a massa grande em si”, disse um dos investigadores numa publicação sobre a descoberta.

As temperaturas mais baixas foram registadas durante os períodos secos e limpos – em oposição a dias com vento ou neve. Mas todos os detalhes da descoberta serão revelados esta semana, na reunião anual da União Americana de Geofísica.  

No início do ano, a aldeia russa de Oymyakon, revelou ser o sítio mais frio, permanentemente habitado, do mundo. A temperatura média no mês de janeiro foi de 50 graus negativos. Conhecido como o ‘Polo do Frio’, a temperatura mais baixa alguma vez registada em Oymyakon foi de 71,2 graus negativos.

A aldeia, que tem cerca de 500 habitantes, era, em 1920 e 1930, um local de paragem para pastores de renas que regavam os seus rebanhos de uma fonte termal. Uma única loja providencia os bens essenciais para a aldeia. As pessoas locais trabalham como criadores de renas, caçadores e pescadores.

Em comparação, a temperatura mais fria no Reino Unido foi 27,2 graus negativos, registado em 1995, em Altnaharra, nas Terras Altas da Escócia.

frio gelo Antártica temperaturas negativas sitio mais frio mundo investigação
Ver comentários