Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Grécia: Governador do banco central não se vai demitir

Colaborador afirma que situação é "alarmante".
14 de Maio de 2015 às 13:31
 Stournaras assegura que não há "qualquer razão" para se demitir
Stournaras assegura que não há 'qualquer razão' para se demitir FOTO: Alkis Konstantinidis/Reuters

O governador do Banco da Grécia, Yanis Stournaras, assegurou esta quinta-feira que não se demite do cargo, apesar das críticas, depois de um colaborador ter enviado um 'email' a jornalistas no qual afirmava que a situação da economia é "alarmante".


A filtração das informações foi interpretada como uma tentativa de Stournaras, que foi ministro das Finanças no Governo anterior, de atacar a gestão do executivo de esquerda radical.


Em declarações ao diário grego Ta Nea, Stournaras assegura que não há "qualquer razão" para se demitir e adianta que está em contacto quase diariamente com o vice-presidente do Governo, Yanis Dragasakis, e com o coordenador das negociações com os credores, Euklidis Tsakalotos.


A revelação provocou reações negativas por parte de altos cargos do Syriza, tendo mesmo sido pedido por alguns a demissão de Stournaras.


Apesar do Governo não ter pedido ao governador para cessar funções, as críticas fizeram-se sentir.


Respeito pela independência
O ministro das Finanças, Yanis Varoufakis, assegurou hoje que assim como o executivo deve respeitar a independência do banco central, este deve fazer o mesmo em relação ao trabalho do executivo. 


"Em nenhum caso se deve violar a independência do Banco da Grécia e fazer comentários sobre a forma como faz o seu trabalho, mas o banco central também deve preservar a sua independência e não interferir com comentários no trabalho do Governo", afirmou hoje Varoufakis numa intervenção no parlamento.


No mesmo sentido, o porta-voz do Governo Gavriil Sakelaridis, sublinhou que o banco central deve proteger a sua independência, bem como o Governo a sua.

governador do Banco da Grécia Yanis Stournaras
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)