Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Polícia de folga entre as vítimas mortais do atentado de Manchester

Elaine McIver é a segunda agente britânica a perder a vida num ataque terrorista.
24 de Maio de 2017 às 08:14
Elaine McIver era polícia mas estava de folga na noite do atentado
Olivia Campbell, de 15 anos, morreu no ataque em Manchester
Georgina Callander, de 18 anos, era grande fã da cantora Ariana Grande
Saffie Rose, de oito anos, foi a segunda vítima mortal confirmada em Manchester
Marcin, de 42 anos, e Angelika Klis, de 40 anos, morreram durante o ataque. Deixam orfã Alexis Klis de oito anos
John Atkinson com 26 anos tinha assistido ao concerto e dirigia-se para casa
Lia Lees de 47 anos e Alison Howe de 45 anos esperavam as filhas que tinham ido assistir ao concerto da cantora pop americana. Não chegaram a vê-las.
Martun Hett de 29 anos foi uma das vítimas. O namorado partilhou nas redes sociais uma fotografia dos dois, descrevendo-o como a 'pessoa mais bonita do mundo'.
Kelly Brewster de 32 anos protegeu a sobrinha da explosão. Acabou por morrer ainda na Arena de Manchester
Sorrell Leczkowski
Nell Jones tinha 14 anos. Estava lesionada numa perna, mas insistiu e foi de muletas assistir ao concerto da sua cantora preferida
Jane Tweddle-Taylor tinha 50 anos. Era casada com Mark Taylor, ex-treinador do Blackpool. Estava com uma amiga à espera das filhas desta
Michelle Kiss tinha 45 anos. Casada e mãe de três filhos, foi ao concerto com a filha mais nova e uma sobrinha, com quem tirou uma selfie
Courtney Boyle, de 19 anos, figura entre as vítimas do atentado
Philip Tron, de 32 anos, morreu na Manchester Arena onde estava com a enteada, Courtney Boyle, que também morreu
Liam Curry, de 19 anos, e Chloe Rutherford, de 17, eram inseparáveis. Morreram juntos na Manchester Arena
Uma antiga professora primária, Wendy Fawel morreu aos 50 anos
Elilidh MacLeod, de 14 anos, foi outra das vítimas mortais do ataque terrorista em Manchester
Megan Hurley, de 15 anos, também morreu durante o ataque em Manchester
Elaine McIver era polícia mas estava de folga na noite do atentado
Olivia Campbell, de 15 anos, morreu no ataque em Manchester
Georgina Callander, de 18 anos, era grande fã da cantora Ariana Grande
Saffie Rose, de oito anos, foi a segunda vítima mortal confirmada em Manchester
Marcin, de 42 anos, e Angelika Klis, de 40 anos, morreram durante o ataque. Deixam orfã Alexis Klis de oito anos
John Atkinson com 26 anos tinha assistido ao concerto e dirigia-se para casa
Lia Lees de 47 anos e Alison Howe de 45 anos esperavam as filhas que tinham ido assistir ao concerto da cantora pop americana. Não chegaram a vê-las.
Martun Hett de 29 anos foi uma das vítimas. O namorado partilhou nas redes sociais uma fotografia dos dois, descrevendo-o como a 'pessoa mais bonita do mundo'.
Kelly Brewster de 32 anos protegeu a sobrinha da explosão. Acabou por morrer ainda na Arena de Manchester
Sorrell Leczkowski
Nell Jones tinha 14 anos. Estava lesionada numa perna, mas insistiu e foi de muletas assistir ao concerto da sua cantora preferida
Jane Tweddle-Taylor tinha 50 anos. Era casada com Mark Taylor, ex-treinador do Blackpool. Estava com uma amiga à espera das filhas desta
Michelle Kiss tinha 45 anos. Casada e mãe de três filhos, foi ao concerto com a filha mais nova e uma sobrinha, com quem tirou uma selfie
Courtney Boyle, de 19 anos, figura entre as vítimas do atentado
Philip Tron, de 32 anos, morreu na Manchester Arena onde estava com a enteada, Courtney Boyle, que também morreu
Liam Curry, de 19 anos, e Chloe Rutherford, de 17, eram inseparáveis. Morreram juntos na Manchester Arena
Uma antiga professora primária, Wendy Fawel morreu aos 50 anos
Elilidh MacLeod, de 14 anos, foi outra das vítimas mortais do ataque terrorista em Manchester
Megan Hurley, de 15 anos, também morreu durante o ataque em Manchester
Elaine McIver era polícia mas estava de folga na noite do atentado
Olivia Campbell, de 15 anos, morreu no ataque em Manchester
Georgina Callander, de 18 anos, era grande fã da cantora Ariana Grande
Saffie Rose, de oito anos, foi a segunda vítima mortal confirmada em Manchester
Marcin, de 42 anos, e Angelika Klis, de 40 anos, morreram durante o ataque. Deixam orfã Alexis Klis de oito anos
John Atkinson com 26 anos tinha assistido ao concerto e dirigia-se para casa
Lia Lees de 47 anos e Alison Howe de 45 anos esperavam as filhas que tinham ido assistir ao concerto da cantora pop americana. Não chegaram a vê-las.
Martun Hett de 29 anos foi uma das vítimas. O namorado partilhou nas redes sociais uma fotografia dos dois, descrevendo-o como a 'pessoa mais bonita do mundo'.
Kelly Brewster de 32 anos protegeu a sobrinha da explosão. Acabou por morrer ainda na Arena de Manchester
Sorrell Leczkowski
Nell Jones tinha 14 anos. Estava lesionada numa perna, mas insistiu e foi de muletas assistir ao concerto da sua cantora preferida
Jane Tweddle-Taylor tinha 50 anos. Era casada com Mark Taylor, ex-treinador do Blackpool. Estava com uma amiga à espera das filhas desta
Michelle Kiss tinha 45 anos. Casada e mãe de três filhos, foi ao concerto com a filha mais nova e uma sobrinha, com quem tirou uma selfie
Courtney Boyle, de 19 anos, figura entre as vítimas do atentado
Philip Tron, de 32 anos, morreu na Manchester Arena onde estava com a enteada, Courtney Boyle, que também morreu
Liam Curry, de 19 anos, e Chloe Rutherford, de 17, eram inseparáveis. Morreram juntos na Manchester Arena
Uma antiga professora primária, Wendy Fawel morreu aos 50 anos
Elilidh MacLeod, de 14 anos, foi outra das vítimas mortais do ataque terrorista em Manchester
Megan Hurley, de 15 anos, também morreu durante o ataque em Manchester

A história de mais uma vítima do atentado em Manchester foi, esta quinta-feira, conhecida. 

Elaine McIver era polícia e estava de folga no dia do ataque. Aproveitou a pausa para ir ao concerto de Ariana Grande com a família e acabou por perder a vida. 

Trata-se do segundo agente policial britânico a morrer em ataques terroristas, depois do caso do agente esfaqueado em Londres. 

A família já confirmou o óbito, relembrando que Elaine era conhecida da comunidade pela sua bondade. 

O companheiro de Elaine, Paul, está em estado crítico no hospital. Os filhos de ambos também ficaram feridos durante o ataque. 

"A Elaine era a melhor filha, irmã, tia, amiga e colega que alguém podia pedir. Era amiga de toda a gente, muito bondosa e extrovertida. Ela amava a vida e era apaixonada por música. Apesar do que lhe aconteceu, sabemos que ela iria querer que a situação fosse ultrapassada para não ficarmos assustados com o terrorismo", disse a família, em comunicado. 

Famílias das vítimas já foram todas avisadas
A polícia de Manchester anunciou esta quarta-feira já ter identificado todas as vítimas do ataque terrorista após o concerto de Ariana Grande na cidade inglesa. As autoridades garantem que já informaram todas as famílias das vítimas e estão a oferecer ajuda psicológica aos que perderam os seus entes queridos.

A polícia avisa que ainda decorrem as autópsias e que "só dentro de três ou quatro dias" serão anunciados oficialmente todos os nomes.

Adolescentes apanhadas na explosão

Ainda assim, esta quarta-feira foram confirmadas as identidades de mais vítimas mortais do ataque terrorista em Manchester. Entre elas estão quatro mulheres e duas adolescentes. Entre as vítimas mortais está também uma agente da polícia cuja identidade se desconhece.

Uma jovem de 16 anos, foi a primeira vítima mortal confirmada no ataque em Manchester. No passado domingo, Georgina Callander escreveu no Twitter que estava "ansiosa" por ver Ariana Grande. A segunda vítima mortal confirmada foi Saffie Rose Roussos, uma menina de oito anos. Segundo o The Telegraph, a criança morreu dos ferimentos, após se perder da mãe e da irmã, que também se encontram internadas.

John Atkinson, um homem de 28 anos de Radcliffe, é a terceira vitíma mortal confirmada do atentado em Manchester. John estaria a sair do concerto quando foi atingido.

Uma das mais jovens vítimas é Nell Jones, que tinha apenas 14 anos. O diretor da escola que a adolescente frequentava conta que "a família de Nell procurou-a desde o incidente, na esperança de que pudesse ter sido levada para o hospital. Infelizmente, a polícia confirma que morreu no local".

Também Sorrel Leczkowski, de 14 anos, morreu na sequência do ataque à Manchester Arena. A jovem tinha ido assistir ao concerto com a mãe e a avó que ficaram feridas e estão internadas no hospital.

Outra adolescente entre as vítimas é Olivia Campbell, de 15 anos, que também estava dada como desaparecida. A notícia foi confirmada pela sua mãe , que tinha feito um apelo nas redes sociais pela adolescente. Não falava com a filha desde o início do concerto de Ariana Grande.

Outras duas vítimas são Alison Howe, de 45 anos e Lisa Lees, de 47, duas mães que esperavam pelos seus filhos à porta da Arena de Manchester, no final do concerto.

Também morreu no ataque Kelly Brewster, que tinha ido ao concerto com a irmã. Megan Hurley é outra das vítimas mortais.

Ao final da manhã, foi anunciado que entre as vítimas mortais está Jane Tweddle-Taylor, de 50 anos. Natural de Blackpool tinha ido à Arena de Manchester com uma amiga que ia buscar a filha no final do concerto. Era rececionista numa escola.

Martyn Hett, um relações públicas de 29 anos, foi também confirmado como uma das vítimas. Era conhecido pela suas intervenções bem-humoradas na net e na televisão. A notícia foi confirmada no Twiter pelo namorado de Hett, Russell Hayward.

Casal polaco morre à espera das filhas
O ministro dos negócios estrangeiros da Polónia também confirma esta quarta-feira que entre as vítimas mortais está um casal de polacos. Tinham ido esperar as filhas à saída do concerto e foram atingidos pela explosão.


O jornal Manchester Evening News revela que as vítimas são Angelika e Marcin Klis. A filha do casal, Alex Kils tinha feito um apelo no Facebook para saber do seu paradeiro. Viviam em York com as duas filhas, que escaparam ilesas ao atentado.

O Ministério Público da Polónia anunciou que abrirá uma investigação sobre a morte do casal.

Arena de Manchester Olivia Campbell Ariana Grande Kelly Brewster Lisa Lees Polónia vítimas identificadas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)