Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Libertado filho de Muammar Kadhafi condenado à morte

Seif al-Islam tinha sido capturado em Zenten, em novembro de 2011, pouco depois do assassínio do seu pai.
Lusa 10 de Junho de 2017 às 23:26
Seif al-Islam tinha sido capturado em Zenten, em novembro de 2011, pouco depois do assassínio do seu pai.
Seif al-Islam tinha sido capturado em Zenten, em novembro de 2011, depois do assassínio do seu pai.
Seif al-Islam tinha sido capturado em Zenten, em novembro de 2011, pouco depois do assassínio do seu pai.
Seif al-Islam tinha sido capturado em Zenten, em novembro de 2011, depois do assassínio do seu pai.
Seif al-Islam tinha sido capturado em Zenten, em novembro de 2011, pouco depois do assassínio do seu pai.
Seif al-Islam tinha sido capturado em Zenten, em novembro de 2011, depois do assassínio do seu pai.
Um dos filhos de Muammar Kadhafi, Seif al-Islam, condenado à morte na Líbia, foi libertado na sexta-feira, anunciou um grupo armado na rede social Facebook, este sábado.

A brigada Abu Bakr al-Sadiq, um dos grupos armados que controlam a cidade de Zenten, a 170 quilómetros da capital Líbia, disse que a libertação decorreu da aplicação de uma amnistia promulgada pelo parlamento.

Seif al-Islam tinha sido capturado em Zenten, em novembro de 2011, pouco depois do assassínio do seu pai, deposto na sequência da revolução árabe.

O filho do antigo ditador líbio foi condenado à morte em julho de 2015 por um tribunal de Trípoli, devido ao seu papel na repressão da revolta de 2011, e tem um mandado de detenção emitido pelo Tribunal Penal Internacional, por acusações de crimes contra a humanidade cometidos durante os oito meses da revolta.
Muammar Kadhafi Líbia Seif al-Islam crime lei e justiça
Ver comentários