Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Loja nos EUA é alvo de protestos por vender 'Estrelas de David' para não vacinados

Emblemas são semelhantes aos que os nazis obrigavam os judeus a usar durante o Holocausto para os identificar.
Correio da Manhã 30 de Maio de 2021 às 18:17
Estrela de David
Estrela de David FOTO: Direitos Reservados

O proprietário da loja 'HatWRKS', em Nashville, nos EUA, está a ser acusado de anti-semitismo após anunciar a venda de emblemas da 'Estrela de David', semelhantes aos que os nazis obrigavam os judeus a usar durante o Holocausto para os identificar, que dizem "NÃO VACINADO", avança a CNN

"Os autocolantes estão aqui. Ficaram ótimos. Cinco euros cada um. Têm uma colagem forte... Em breve ofereceremos bonés de camionista", pode ler-se na legenda do anúncio publicado no Instagram. 

Depois da onda de críticas que se gerou em torno da publicação, o anúncio foi removido.

Um grupo de manifestantes reuniu-se em frente à loja, no sábado de manhã, e um dos cartazes dizia "Nashville condena o hatWRKS".

Group gathering at HatWRKS protesting the sale of Star of David patches with “Not Vaccinated” written on them. This is the second protest here today. https://t.co/IoW1DlsceB pic.twitter.com/lSosBQxZqX

— Rachel Tiede (@RMTiede) May 29, 2021


Ainda no sábado, após a manifestação, o fabricante de chapéus anunciou que, por toda esta situação, deixaria de vender os seus produtos aquela loja.
Ver comentários