Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Lula começa a perder terreno para Alckmin

Apenas cinco dias depois de ter sido indicado oficialmente pelo maior partido da oposição como candidato à presidência do Brasil nas eleições de Outubro, o actual governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, já encurtou em sete pontos percentuais a diferença que o separa de Lula, ainda o favorito nas sondagens.
20 de Março de 2006 às 00:00
Apesar de só agora ter entrado na corrida presidencial, Geraldo Alckmin já roubou pontos a Lula
Apesar de só agora ter entrado na corrida presidencial, Geraldo Alckmin já roubou pontos a Lula FOTO: d.r.
De acordo com o Instituto DataFolha, Lula caiu de 43% das intenções de voto para 42%, enquanto Alckmin subiu de 17% para 23%.
Estes números, referentes à primeira volta, têm como cenário a candidatura de Lula (que ainda não se assumiu como candidato) pelo Partido dos Trabalhadores (PT), de Geraldo Alckmin pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e a do ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Na sondagem para a primeira volta, Garotinho subiu de 11% para 12%.
Na simulação de uma eventual segunda volta, a tendência repete-se, com Lula a cair dos 53% para 50% e Alckmin a subir de 35% para 38%. Ao ser confrontado com os números da sondagem, Geraldo Alckmin declarou-se feliz mas surpreso, pois não esperava uma reacção tão rápida ao anúncio da sua indicação oficial pelo partido.
ADMINISTRADOR DETERMINADO
Nascido na cidade de Pindamonhangaba, no interior do estado de São Paulo, a 150 km desta cidade, Geraldo Alckmin é médico mas ligou-se muito cedo à política. Aos 19 anos já era vereador de Pindamonhangaba, de que chegou a ser prefeito, e foi aí que ganhou fama de ser um grande administrador. Eleito vice-governador do Estado de São Paulo em 1998, acabou por assumir o cargo de governador quando o lendário Mário Covas morreu, há seis anos, sendo reeleito em 2002.
Com uma vida política sem mácula, casado, católico e muito tranquilo, Alckmin não entra em lutas infrutíferas, não baixa o nível nem eleva o tom da voz.
Mas essa tranquilidade oculta um homem extremamente determinado e que não tem medo de desafios, como mostrou ao candidatar-se à presidência pelo PSDB, derrotando na indicação o favorito José Serra.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)