Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Lusodescendente que perdeu olho em manifestação pelos coletes amarelos absolvido de acusação de injúrias à polícia

Tribunal de Paris entendeu que Jerôme se dirigiu não à polícia em geral, mas aos "métodos de alguns deles".
Correio da Manhã 6 de Abril de 2021 às 20:12
Jérôme Rodrigues
Jérôme Rodrigues
Jérôme Rodrigues
Jérôme Rodrigues
Jérôme Rodrigues
Jérôme Rodrigues
Jerôme Rodrigues, o lusodescendente que perdeu um olho numa manifestação dos coletes amarelos em França foi esta terça-feira absolvido pelo Tribunal de Paris.

O homem estava a ser julgado por "insultos públicos" após ter tratado os polícias como um "bando de nazistas" no Twitter. O tribunal parisiense entendeu que as declarações proferidas "não visaram todos os polícias, mas sim os métodos de alguns deles", neste caso membros do sindicato de oficiais da Synergie.

"As declarações incriminadas ocorreram no âmbito de um conflito recorrente alimentado na rede social Twitter entre Jérôme Rodrigues (…) e o sindicato dos polícias Synergie-oficiais", analisou o tribunal. Este sindicato "não se confunde com a administração pública que é a Polícia Nacional", conclui.

Recorde-se que Jerôme perdeu o olho como consequência do ferimento da granada de gás lacrimogéneo lançada por dois polícias em janeiro de 2019. 

O lusodescendente tornou-se assim um dos principais líderes do movimento dos "coletes amarelos" e um símbolo contra a violência policial em França.
Ver comentários