Sub-categorias

Notícia

Mais de 130 presos em mega-operação contra pornografia infantil no Brasil

São suspeitos de produzir, compartilhar e comercializar conteúdos de cariz sexual envolvendo crianças e adolescentes.

Na maior operação já realizada no país contra a pornografia infantil, polícias de 25 dos 27 estados do Brasil prenderam esta quinta-feira pelo menos 132 suspeitos de crimes sexuais contra crianças e adolescentes. Esse número refere-se ao balanço provisório divulgado pelo Ministério da Segurança Pública às 11 horas brasileiras, 15 horas pelo horário de Lisboa, pois o número total só será divulgado no final da noite.

Foram presos suspeitos de produzir, compartilhar e comercializar conteúdos de cariz sexual envolvendo crianças e adolescentes. Vários deles, segundo o primeiro balanço, foram presos em flagrante, quando visualizavam ou baixavam esses conteúdos na internet.

Só um deles, o principal alvo da operação, um homem residente na cidade brasileira de Uberlândia, no estado de Minas Gerais, tinha em seu poder nada menos de 780 mil arquivos com pornografia infantil. Ele e os outros alvos da gigantesca operação foram identificados através de monitorização da Direcção de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública, que treinou agentes e adquiriu tecnologia especialmente para esse fim.

Ao todo, participaram na ação 2600 agentes dos 25 estados envolvidos, cada um atuando na sua respetiva região, já que no Brasil as polícias são regionais. Além das prisões, cujo número deve aumentar bastante, os agentes tinham mandados para cumprir 579 ações de busca e apreensão em escritórios e residências dos suspeitos identificados. (FIM).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!