Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Marcelo em Atenas para discutir aprofundamento da União Europeia com outros Presidentes da República

Assuntos como a crise económica e dos refugiados vão ser discutidos neste encontro.
Lusa 10 de Outubro de 2019 às 08:10
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, desloca-se esta quinta-feira à capital grega, Atenas, para um encontro com outros chefes de Estado da União Europeia (UE) no qual serão discutidos assuntos como a crise económica e dos refugiados.

Naquele que é o 15.º encontro informal do chamado Grupo de Arraiolos, que decorre até sexta-feira em Atenas, os chefes de Estado da UE sem poderes executivos discutem "a importância do princípio da solidariedade para o aprofundamento da União Europeia e para a promoção da integração europeia", indica a Presidência portuguesa numa nota de imprensa.

Está previsto que Marcelo Rebelo de Sousa chegue a Atenas esta quinta-feira ao final da tarde e participe num jantar oferecido pelo Presidente da Grécia, Prokopios Pavlopoulos, aos chefes de Estado no Museu da Acrópole.

As sessões de trabalho decorrem no dia seguinte, sexta-feira, entre as 10h00 e as 18h00, no edifício Zappeion Megaron, e têm como temas "Enfrentar com eficácia a crise económica e dos refugiados" e "Encarar de forma conjunta os desafios modernos da segurança na UE e nos Estados-membros".

No final desse dia, Marcelo Rebelo de Sousa participa novamente num jantar oferecido por Prokopios Pavlopoulos aos chefes de Estado da UE, mas desta vez no Palácio Presidencial, ocasião após a qual regressa a Portugal.

Entre os participantes deste 15.º do Grupo de Arraiolos estão, além de Marcelo Rebelo de Sousa e de Prokopios Pavlopoulos, os chefes de Estado Frank-Walter Steinmeier (Alemanha), Rumen Radev (Bulgária), Kolinda Grabar-Kitarovic (Croácia), Borut Pahor (Eslovénia), Kersti Kaljulaid (Estónia), János Áder (Hungria), Michael D. Higgins (Irlanda), Sérgio Mattarella (Itália), Egils Levits (Letónia), George Vella (Malta) e Andrzej Duda (Polónia).

O encontro tem este nome porque se realizou pela primeira vez em Portugal, na vila alentejana de Arraiolos, em 2003, por iniciativa do então Presidente Jorge Sampaio.

No próximo ano, a iniciativa decorre novamente em Portugal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)