Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Matam quatro polícias num dia

Agentes policiais foram mortos este fim de semana no Rio de Janeiro.
23 de Fevereiro de 2015 às 11:23
Mundial 2014 no Brasil
Mundial 2014 no Brasil FOTO: Pilar Olivares/Reuters

Quatro polícias foram mortos no fim de semana nos arredores e na cidade do Rio de Janeiro, que vai acolher os Jogos Olímpicos de 2016.

Um agente de um batalhão especial responsável pela segurança em grandes eventos como a recente visita do Papa, o Mundial de Futebol 2014 e os próximos Jogos Olímpicos, morreu depois de ter sido baleado sete vezes na noite de domingo, segundo o portal G1 Globo, citado pela AFP.

Cerca de 24 horas antes, um inspetor da polícia civil foi morto no subúrbio da Baixada Fluminense. Entretanto, na cidade de Niteroi, do outro lado da baía do Rio, outro agente foi morto quando regressava de um desfile de carnaval.

A quarta vítima morreu num tiroteio após um assalto a uma padaria no subúrbio de Nova Iguaçu.

Programa de pacificação

As autoridades do Rio de Janeiro lançaram um programa de pacificação na cidade em 2008.

Unidades da Polícia Pacificadora (UPP) foram destacadas para 253 favelas, que alojam 1,5 milhões de pessoas, com o objetivo de recuperar o controlo das ruas aos grupos de narcotraficantes. No entanto, a violência não foi erradicada.

Só no mês passado, baladas perdidas mataram três pessoas no Rio de Janeiro.

Rio de Janeiro polícias mortos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)