Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Onze mil russos já regressaram do Egito

Números referentes a 24 horas.
8 de Novembro de 2015 às 11:05

As autoridades disseram no sábado que cerca de 80 mil turistas russos ainda se encontravam no Egito
As autoridades disseram no sábado que cerca de 80 mil turistas russos ainda se encontravam no Egito FOTO: Reuters

Cerca de 11 mil turistas russos regressaram do Egito ao seu país nas últimas 24 horas, depois de Moscovo ter suspendido os voos, na sequência do desastre do avião da companhia russa Metrojet, avançaram este domingo as autoridades.


"Nas últimas 24 horas, cerca de 11 mil pessoas já regressaram", disse o vice-primeiro-ministro, Arkady Dvorkovich, aos jornalistas, acrescentando que mais pessoas deverão regressar hoje ao final do dia.


"Hoje é o dia mais movimentado nesse sentido", disse o governante, no aeroporto Vnukovo, situado nos arredores de Moscovo.


O governante explicou que a Rússia está a enviar equipas de peritos para inspecionar os aeroportos do Egito, averiguando se a segurança precisa ser reforçada.


Apesar de descartadas inicialmente as suspeitas de atentado contra o avião que se despenhou a 31 de outubro, na península do Sinai, com 224 pessoas a bordo, a Rússia suspendeu na sexta-feira todos os voos com o Egito.


As autoridades disseram no sábado que cerca de 80 mil turistas russos ainda se encontravam no Egito, sobretudo na estância balnear de Sharm el-Sheikh e Hurghada, e que estes poderiam regressar de acordo com o seu ritmo.


Seguindo os passos da Grã-Bretanha, a Rússia disse que os turistas que regressam ao país viajarão sem a sua bagagem, que seguirá separadamente.

Egito Moscovo avião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)