Papa defende estudo da história como reflexão sobre as guerras

Francisco iniciou a sua intervenção parafraseando o historiador jesuíta Giacomo Martina.
Por Lusa|12.01.19
  • partilhe
  • 3
  • +
O papa Francisco defendeu este sábado o estudo da história para refletir "com coragem" os "efeitos dramáticos e maléficos" das guerras, especialmente num mundo tão "dividido" quanto o atual.

"A história, estudada com paixão, pode e deve ensinar muito na atualidade, perante tanta divisão e falta de verdade", disse o pontífice numa reunião no Palácio Apostólico com membros da Associação Italiana de Professores de História da Igreja.

Francisco defendeu que "bastaria, através da história, aprender a refletir com sabedoria e coragem os efeitos dramáticos e malignos da guerra".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!