Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Patronato e sindicatos britânicos instam Theresa May a criar "plano B"

Organizações defendem que o país não está preparado para um cenário de um 'Brexit' sem acordo.
21 de Março de 2019 às 14:48
Theresa May
Theresa May
Theresa May
Theresa May
Theresa May
Theresa May
O patronato e os sindicatos britânicos instaram esta quinta-feira a primeira-ministra, Theresa May, a mudar de abordagem sobre o 'Brexit', alertando para uma situação de "urgência nacional" a oito dias da data teórica para a saída da União Europeia.

A organização patronal CBI e a confederação sindical TUC pedem numa carta comum para serem recebidos o mais rapidamente possível pela dirigente conservadora e exigem um "plano B" para evitar a escolha entre o acordo de Theresa May, rejeitado até agora pelo Parlamento britânico, e um 'Brexit' sem acordo.

"O nosso país enfrenta uma urgência nacional. As decisões dos últimos dias aumentaram o risco de uma ausência de acordo", referem as organizações na carta.

Numa situação destas, "o choque para a economia far-se-ia sentir nas gerações vindouras", advertem.

Esta carta escrita pela secretária-geral da TUC, Frances O'Grady, e pela diretora-geral da CBI, Carolyn Fairbain, foi divulgada quando se inicia em Bruxelas uma cimeira europeia, onde se deverá analisar o pedido do Governo britânico para adiar o 'Brexit'.

A UE condicionou a concessão de um curto adiamento à votação pelo Parlamento britânico do acordo de Theresa May, que já foi rejeitado em duas ocasiões pelos deputados britânicos.

A CBI e a TUC, que representam dezenas de milhares de empresas e milhões de trabalhadores, advertem que o país não está preparado para um cenário de um 'Brexit' sem acordo.

Por esta razão, as duas organizações pedem ao Governo para encontrar um "plano B" que possa proteger os trabalhadores e a economia, preservar a abertura da fronteira irlandesa, convencer uma maioria de deputados e ser aceite pela UE.

"Nós não conseguimos expor suficientemente a gravidade desta crise para empresas e trabalhadores. Exigimos um encontro urgente consigo para debater as nossas preocupações e ouvir a sua resposta", escrevem a CBI e a TUC na carta dirigida a Theresa May.
Theresa May Brexit CBI União Europeia TUC Parlamento Carolyn Fairbain Bruxelas Governo UE política trabalho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)