Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Resgatados para uma nova vida

A expectativa deu ontem lugar à euforia na mina de San José quando, quando, às 00h10 locais (04h10 de Lisboa), a miraculosa cápsula trouxe à superfície o primeiro dos 33 mineiros presos durante 69 dias a 700 metros de profundidade, numa operação de resgate histórica, acompanhada com emoção em todo o Mundo.
14 de Outubro de 2010 às 00:30
Socorristas enviados para ajudar os mineiros foram os últimos a abandonar a mina
Presidente do Chile, Sebastian Pinera, abraça Florencio Ávalos
Último mineiro a ser resgatado foi Luis Urzúa
Franklin Lobos, que chegou a ser internacional pelo Chile, tinha uma bola de futebol à sua espera
Primeiro mineiro a sair, Florencio Ávalos, beijou a mulher pouco depois de chegar à superfície
Electricista Mario Sepulveda foi o segundo a sair das profundezas
Jose Ojeda agarrou-se à bandeira do Chile no momento do resgate
Osman Araya apressou-se a matar saudades da sua mulher
Já o sol tinha nascido quando Mario Gomez foi resgatado
Presidente Sebastian Pinera sublinhou a união do povo chileno
Terminado o resgate, a mina foi selada
Cápsula 'Fénix 2' desceu a 700 metros quando ainda havia luz solar na mina
Jimmy Sanchez era o homem mais novo de entre os 33 que passaram mais de dois mês debaixo da terra
Ultrapassado o primeiro impacto, Mario Sepulveda demonstrou a sua felicidade
Primeiros resgates foram recebidos com festa dos habitantes de Copiapo
Socorristas enviados para ajudar os mineiros foram os últimos a abandonar a mina
Presidente do Chile, Sebastian Pinera, abraça Florencio Ávalos
Último mineiro a ser resgatado foi Luis Urzúa
Franklin Lobos, que chegou a ser internacional pelo Chile, tinha uma bola de futebol à sua espera
Primeiro mineiro a sair, Florencio Ávalos, beijou a mulher pouco depois de chegar à superfície
Electricista Mario Sepulveda foi o segundo a sair das profundezas
Jose Ojeda agarrou-se à bandeira do Chile no momento do resgate
Osman Araya apressou-se a matar saudades da sua mulher
Já o sol tinha nascido quando Mario Gomez foi resgatado
Presidente Sebastian Pinera sublinhou a união do povo chileno
Terminado o resgate, a mina foi selada
Cápsula 'Fénix 2' desceu a 700 metros quando ainda havia luz solar na mina
Jimmy Sanchez era o homem mais novo de entre os 33 que passaram mais de dois mês debaixo da terra
Ultrapassado o primeiro impacto, Mario Sepulveda demonstrou a sua felicidade
Primeiros resgates foram recebidos com festa dos habitantes de Copiapo
Socorristas enviados para ajudar os mineiros foram os últimos a abandonar a mina
Presidente do Chile, Sebastian Pinera, abraça Florencio Ávalos
Último mineiro a ser resgatado foi Luis Urzúa
Franklin Lobos, que chegou a ser internacional pelo Chile, tinha uma bola de futebol à sua espera
Primeiro mineiro a sair, Florencio Ávalos, beijou a mulher pouco depois de chegar à superfície
Electricista Mario Sepulveda foi o segundo a sair das profundezas
Jose Ojeda agarrou-se à bandeira do Chile no momento do resgate
Osman Araya apressou-se a matar saudades da sua mulher
Já o sol tinha nascido quando Mario Gomez foi resgatado
Presidente Sebastian Pinera sublinhou a união do povo chileno
Terminado o resgate, a mina foi selada
Cápsula 'Fénix 2' desceu a 700 metros quando ainda havia luz solar na mina
Jimmy Sanchez era o homem mais novo de entre os 33 que passaram mais de dois mês debaixo da terra
Ultrapassado o primeiro impacto, Mario Sepulveda demonstrou a sua felicidade
Primeiros resgates foram recebidos com festa dos habitantes de Copiapo

Florencio Ávalos, o primeiro herói a ‘regressar à vida', foi saudado com ruidosos aplausos e muitas vivas, dados pela multidão, que gritava em uníssono "Chile, Chile". Calmo e sorridente, o capataz agradeceu com o polegar para cima. O inferno ficou para trás e iniciou-se novo capítulo na história de um punhado de bravos.

Cansados, mas calmos e felizes, foram todos calorosamente recebidos pelo presidente Sebastián Piñera e pela sua mulher, Cecilia Morel, que acompanhou os familiares. "Bem--vindo!", desejou a cada um que saía, enquanto os abraçava. O mais bem--disposto de todos foi o segundo a subir, Mario Sepúlveda, cujos gritos de euforia já se ouviam quando ainda estava na ‘Fénix II' em ascensão. "Viva Chile, m...!", gritou assim que chegou à superfície. Depois, cumprimentou e agradeceu efusivamente ao presidente e ao ministro das Minas, Laurence Golborne, abraçou a mulher e, num gesto que revelou o seu sentido de humor, retirou do saco que trazia a tiracolo recordações, leia-se pedras, e distribuiu-as pelos presentes. Depois, correu a saudar colegas mineiros. "Devolveram-nos a vida. Estive com Deus e com o Diabo. Disputaram-me e ganhou Deus", disse.

Ao ritmo de um por hora, os homens foram trazidos para a superfície numa operação que manteve o Mundo em suspenso. Um resgate que encheu de orgulho a nação. "Um país que se quer desenvolvido tem de respeitar os seus trabalhadores", sentenciou Piñera, um dos vencedores da odisseia.

Às 04h40 desta quinta-feira já todos tinham sido resgatados, incluíndo os seis socorristas.

CEM MIL PEREGRINOS APLAUDEM SALVAMENTO

Os cem mil fiéis que ontem assistiam às celebrações finais da peregrinação de Outubro ao Santuário de Fátima responderam com palmas à "alegria" manifestada pelo bispo da diocese de Leiria-Fátima, D. António Marto, pelo sucesso do resgate dos mineiros chilenos.

"O nosso pensamento, neste momento, vai com alegria para o Chile, onde estão a ser resgatados os mineiros que estavam soterrados", referiu, com um sorriso rasgado, D. António Marto, pouco antes de terminarem as celebrações, acrescentando: "Demos graças a Deus e Nossa Senhora."

"Enviamos votos de muitas felicitações para os nossos irmãos do Chile", adiantou o bispo de Leiria--Fátima, que já na terça-feira, na conferência de Imprensa que antecedeu o início da peregrinação, se tinha referido ao drama dos mineiros, confiando o resgate a Nossa Senhora de Fátima e propondo aos fiéis alguns momentos de oração pelo sucesso das operações, que coincidiram, precisamente, com as celebrações da última aparição da Virgem aos Pastorinhos, na Cova da Iria, em 1917.

Também ontem, o Papa Bento XVI se dirigiu aos mineiros, após a sua audiência pública na praça de São Pedro: "Encomendo com esperança a bondade divina aos mineiros da região de Atacama. Que Deus os abençoe!" Nas últimas semanas, já tinha expressado por várias vezes a sua solidariedade e preocupação. Para o Chile seguiu uma oferta do Papa: 33 terços benzidos.

TESTEMUNHOS

"NÃO SOMOS ARTISTA"

Mario Sepúlveda, electricista de 40 anos, era o mineiro que falava nos vídeos enviados para o exterior. Foi o segundo a ser resgatado e chegou com uma inesperada energia e sentido de humor. "Sempre tive fé que nos iam tirar dali. Estou muito emocionado por estar cá em cima, mas, por favor, não nos tratem como artistas. Tratem--me como mineiro." É casado com Elvira Valdivia e tem dois filhos.

"PEDIU-LHE PARA NÃO IR"

Mario Gomez, com 61 anos, era o mineiro mais velho. Motorista de camião, foi ele que enviou a primeira carta em que se descreviam as coordenadas do local onde se encontravam. "Um dia antes da derrocada, a minha mãe pediu-lhe que não fosse trabalhar, que seria melhor tratar dos papéis da reforma. Ele aceitou, mas mudou de ideia", conta a filha Lilianett, de 30 anos.

"GANHEI UM HOMEM"

Com apenas 19 anos, Jimmy Sánchez era o caçula do grupo. Enviou para a superfície várias mensagens, em que expressava o seu sofrimento. Pai de um bebé de três meses, o jovem quer casar-se com a noiva, Helen Ávalos, de 17 anos. O pai, Juán Sánchez, é contra: "É muito jovem, tem de desfrutar a vida." Mas ontem afirmou, feliz: "Em 5 de Agosto, quase perdi um filho. Hoje, ganhei um homem". Foi o 5º a sair.

APENAS A AMANTE O ESPEROU

Yonni Barrios foi o 21.º mineiro a sair da mina e à sua espera, com um longo abraço, estava a actual companheira, Susan Valenzuela. A sua mulher, Marta Salinas, fez saber que não assistiria à chegada do marido, de quem está separada.

Chile Mineiros
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)