Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Sobe para 242 o número de mortos pela passagem do ciclone Idai em Moçambique

Ainda há cerca de 15 mil pessoas à espera de resgate.
21 de Março de 2019 às 16:51
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique
Ciclone Idai deixa rasto de destruição em Moçambique

O ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Celso Correia, deu um novo balanço do número de vítimas mortais da passagem do ciclone Idai por Moçambique: segundo os dados oficiais, o número subiu para 242 mortos. A notícia está a ser avançada pela Reuters

Na manhã desta quinta-feira, o número de mortos já tinha subido para os 217, com 15 mil pessoas a precisarem de ser resgatadas. 

Correia acrescentou que 30% dos centros de apoio do governo ainda não têm comida.

Na quarta-feira, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, confirmou em Maputo que há 30 portugueses desaparecidos na cidade da Beira depois da destruição causada pelo ciclone.

O Idai também arrasou o Zimbabué, onde morreram pelo menos 100 pessoas, enquanto no Malawi pelo menos 56 pessoas pereceram.



Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)