Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Sully, o cão de George HW Bush que emocionou o mundo

Corpo do ex-presidente dos EUA foi acompanhado pelo animal até Washington D.C..
3 de Dezembro de 2018 às 11:40
Cão de Bush emociona o mundo ao deitar-se junto a caixão do ex-presidente dos EUA
Sully era o amigo fiel de quatro patas de George H. W. Bush
Sully era o amigo fiel de quatro patas de George H. W. Bush
O antigo presidente americano George H. W, Bush
Os antigos presidentes americanos George H. W, Bush pai e Gorge W. Bush, filho
George W. Bush ao lado da mulher, Bárbara Bush
George W. Bush
George W. Bush
George W. Bush
George W. Bush
Cão de Bush emociona o mundo ao deitar-se junto a caixão do ex-presidente dos EUA
Sully era o amigo fiel de quatro patas de George H. W. Bush
Sully era o amigo fiel de quatro patas de George H. W. Bush
O antigo presidente americano George H. W, Bush
Os antigos presidentes americanos George H. W, Bush pai e Gorge W. Bush, filho
George W. Bush ao lado da mulher, Bárbara Bush
George W. Bush
George W. Bush
George W. Bush
George W. Bush
Cão de Bush emociona o mundo ao deitar-se junto a caixão do ex-presidente dos EUA
Sully era o amigo fiel de quatro patas de George H. W. Bush
Sully era o amigo fiel de quatro patas de George H. W. Bush
O antigo presidente americano George H. W, Bush
Os antigos presidentes americanos George H. W, Bush pai e Gorge W. Bush, filho
George W. Bush ao lado da mulher, Bárbara Bush
George W. Bush
George W. Bush
George W. Bush
George W. Bush

O ex-presidente dos Estados Unidos, George H. W. Bush, morreu na passada sexta-feira, vítima de doença prolongada. No entanto, o cão da raça labrador que o acompanhava, Sully, de dois anos, ainda teve uma última missão para cumprir junto ao líder reformado no passado domingo: acompanhar o caixão de Bush no avião até Washington D.C..

"Missão completa", declara a mensagem que acompanha a foto do animal deitado no chão, perto do caixão coberto com a bandeira dos Estados Unidos, já na capital americana. A publicação foi partilhada nas redes sociais pelo representante público do ex-presidente, Jim McGrath.




Sully tinha começado a viver com Bush há aproximadamente seis meses, após a morte da mulher, Bárbara Bush, e tem habilidades para responder a uma série de ordens, inclusivamente atender telefones.

Após a morte do antigo dono, a cão vai para o Programa de Cães de Apoio do Centro de Saúde Nacional Militar Walter Reed, onde deve trabalhar com outros animais em tratamentos de fisioterapia e terapia ocupacional para soldados, informa a CNN.

"A nossa família vai sentir muita saudades deste cão, mas estamos felizes por saber que ele vai dar tanta alegria à nova casa, o Walter Reed, quanto deu ao 41º presidente", afirmou o filho do ex-presidente, também ex-presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, nas redes sociais.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)