Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Três sondas chegam a Marte em nove dias

Missão dos Emirados Árabes Unidos chega esta terça-feira e é seguida quarta-feira por sonda chinesa. Sonda dos EUA chega para a semana.
Ricardo Ramos 9 de Fevereiro de 2021 às 08:15
Missão dos Emirados Árabes Unidos chega esta terça-feira e é seguida quarta-feira por sonda chinesa. Sonda dos EUA chega para a semana
Missão dos Emirados Árabes Unidos chega esta terça-feira e é seguida quarta-feira por sonda chinesa. Sonda dos EUA chega para a semana FOTO: Nasa/EPA
Pela primeira vez na história da exploração espacial, três sondas enviadas por países diferentes chegarão nos próximos dias a Marte, numa ‘corrida’ sem precedentes à conquista do Planeta Vermelho. A primeira missão, dos Emirados Árabes Unidos, alcança hoje a órbita marciana, e será seguida de perto por missões da China e dos EUA.

As três missões deixaram a Terra em julho passado, aproveitando uma janela de lançamento que ocorre apenas a cada dois anos. A primeira a chegar é a sonda ‘Amal’ (‘Esperança’ em árabe), dos Emirados, a primeira missão espacial lançada por um país árabe. Ao contrário das concorrentes, não vai pousar em Marte, mas ficará em órbita durante quatro anos a recolher informações sobre a meteorologia do planeta e as possíveis causas do desaparecimento da água na superfície.

Para amanhã está prevista a chegada à orbita marciana da missão chinesa Tianwen 1, composta por um veículo orbital e um ‘rover’, o qual deverá pousar em maio na planície Utopia, no hemisfério Norte do planeta. Já a sonda norte-americana ‘Perseverance’, que chega na próxima quinta-feira, vai mergulhar imediatamente na atmosfera marciana, numa descida vertiginosa que a NASA descreve como “sete minutos de terror”. Se sobreviver, será o quinto ‘rover’ dos EUA a explorar a superfície marciana.
Ver comentários