Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Um morto em nova jornada de protestos dos "coletes amarelos"

Manifestações reuniram cerca de duas mil pessoas em Paris.
Francisco J. Gonçalves 23 de Dezembro de 2018 às 09:45
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Coletes Amarelos manifestam-se em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Coletes Amarelos manifestam-se em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França
'Coletes amarelos' voltam à rua em França
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Vídeos mostram violência entre 'coletes amarelos' e polícia em Paris
Coletes Amarelos manifestam-se em França
Coletes Amarelos manifestam-se em França
França viveu este sábado o sexto sábado consecutivo de protestos contra o governo promovidos pelos chamados ‘coletes amarelos’ que fica manchado pela morte de um condutor junto a Perpignan, nos Pirenéus.

Segundo números do governo do presidente Emmanuel Macron, cerca de 38 600 pessoas desfilaram em várias cidades francesas, contra as 66 mil da semana anterior.

Foram realizadas 220 detenções em todo país, ficando 81 pessoas na cadeia após interrogatório. Entre os detidos está Eric Drouet, um dos promotores do movimento.

A vítima mortal é um homem de 36 anos e perdeu a vida na madrugada de sexta-feira para sábado, quando o carro que conduzia embateu num camião parado num bloqueio de estrada. Após o acidente os manifestantes fugiram.

Em Paris desfilaram cerca de duas mil pessoas, face às mais de quatro mil do sábado anterior. Apesar da quebra nos números, os protestos foram violentos, em parte devido à infiltração de extremistas de direita, que entoaram um tema antissemita junto ao Sacré-Coeur.

Ao fim do dia, os Campos Elísios foram palco de confrontos entre manifestantes e polícias e, em Angoulême, um grupo de ‘coletes amarelos’ encenou o homicídio do presidente, decapitando um manequim ao qual colocaram uma máscara com o rosto de Macron.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)