Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

UE promete apoio ao Quénia na luta contra o terrorismo

Apoio vem após o ataque dos radicais islâmicos somalis 'shebab' contra estudantes da universidade de Garissa.
Lusa 3 de Abril de 2015 às 16:13
O ataque na universidade de Garissa causou 147 mortos
O ataque na universidade de Garissa causou 147 mortos FOTO: Daniel Iringu/EPA

A União Europeia (UE) prometeu esta sexta-feira o seu apoio ao Quénia na luta contra o terrorismo, após o ataque na quinta-feira dos radicais islâmicos somalis 'shebab' contra estudantes da universidade de Garissa, que causou 147 mortos.

"A UE reitera o seu compromisso em apoiar o Governo e o povo quenianos para vencer a ameaça terrorista", indicou num comunicado a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, considerando "importante que cada um faça a sua parte para o conseguir".

O Quénia pode contar com a "solidariedade da UE", que vai "trabalhar para reforçar o apoio aos esforços do Quénia para lutar contra o terrorismo", adiantou Mogherini.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)