Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Vaticano investiga negócio de 180 milhões de euros entre cardeal e empresário angolano

Investigação envolve o empresário angolano António Mosquito.
Lusa 18 de Outubro de 2019 às 14:11
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano
Vaticano

O Vaticano esteve a investigar um investimento de 200 milhões de dólares (180 ME) considerado pouco transparente, que envolveu o empresário angolano António Mosquito, informou esta sexta-feira o jornal Financial Times.

A Secretaria de Estado do Vaticano recorreu a consultores externos, em 2012, para realizar um empréstimo de 200 milhões de dólares, com fundos que tinha em contas bancárias suíças, à Falcon Oil, uma empresa petrolífera angolana, controlada pelo conhecido empresário de Angola António Mosquito, também com negócios em Portugal.

Porém, depois de ter decidido não conceder o empréstimo à Falcon Oil, a Secretaria do Vaticano decidiu investir a verba, juntamente com um fundo italiano com sede em Londres, na compra de uma participação minoritária num imóvel que aquela entidade financeira já tinha no exclusivo bairro londrino de Chelsea.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)