Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Violência nos saldos

Nunca uma ‘Sexta-Feira Negra’ mereceu tanto o nome, a avaliar pela loucura que tomou conta dos norte-americanos na abertura dos saldos pré-natalícios: batalhas campais, ataques com gás-pimenta e até tiros, tudo valeu nesta corrida aos descontos.
27 de Novembro de 2011 às 01:00
Preços baixos enlouqueceram consumidores norte-americanos
Preços baixos enlouqueceram consumidores norte-americanos FOTO: Larry W. Smith/Epa

Nos EUA, a primeira sexta--feira após o Dia de Acção de Graças é o ‘Black Friday’, data em que muitas lojas fazem descontos substanciais para lançar as compras de Natal. A competição pelos melhores artigos é em regra feroz, mas nada fazia prever a onda de violência deste ano.

Em San Leandro, Califórnia, um homem foi alvejado por assaltantes; em Los Angeles, uma mulher usou gás-pimenta para furar a fila. Noutros pontos do país registaram-se autênticas batalhas por artigos como consolas, atoalhados e calças de ganga. Pelo menos vinte pessoas ficaram feridas.

PREÇOS EUA CONSUMIDORES VIOLÊNCIA SALDOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)