Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Alegre candidato à Presidência


"Estou disponível para esse combate!" Foi com estas palavras que Manuel Alegre anunciou, ontem à noite, a sua recandidatura à Presidência da República, num jantar com apoiantes realizado em Portimão, cidade de Manuel Teixeira Gomes, o Presidente-poeta que, tal como ele, esteve exilado em Argel.
16 de Janeiro de 2010 às 00:30
Manuel Alegre está “disponível para o combate”
Manuel Alegre está “disponível para o combate” FOTO: Miguel Veterano Júnior

"A próxima eleição presidencial já está a condicionar a vida política do País", considerou Manuel Alegre, para quem "os dirigentes mais lúcidos do principal partido da Oposição já perceberam que é muito difícil encontrar, a curto prazo, um líder capaz de unir o centro-direita".

Daí que, em seu entender, seja grande "a tentação de reagrupar o bloco conservador" à volta do actual Presidente da República, para conseguir "o que não se consegue por via partidária: uma maioria, um Governo, um Presidente". E esse projecto, "que foi sempre o sonho da Direita", comporta, em seu entender, "riscos para o PS, para toda a Esquerda e para o equilíbrio do regime".

Perante isso, Manuel Alegre apresenta "outra opção": fazer da próxima eleição presidencial "uma grande mobilização, não só das esquerdas" mas de todos os que "desejam a mudança" e querem ver "renascer um Portugal sem bloqueios".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)