Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Cartão de eleitor extinto em 2013

Para evitar o caos das últimas presidenciais – em que milhares de portugueses não puderam votar por desconhecerem o número de eleitor e a secção de voto, na sequência das alterações desencadeadas pela adopção do cartão de cidadão – o Governo decidiu acabar com o cartão e com o número de eleitor a partir de Janeiro de 2013.
18 de Fevereiro de 2011 às 00:30
Nas últimas eleições instalou-se o caos em muitas mesas de voto
Nas últimas eleições instalou-se o caos em muitas mesas de voto FOTO: Hugo Rainho

Nessa data, todos os eleitores passam a necessitar apenas do número de identificação civil, inscrito no cartão do cidadão ou no BI, para exercer o direito de voto. A decisão foi aprovada ontem em Conselho de Ministros. Para evitar confusões, o Executivo vai adoptar várias medidas, entre elas a "notificação obrigatória aos novos eleitores e aos que virem alterada a sua situação eleitoral". Torna-se ainda obrigatória a existência de listagens alfabéticas para todos os eleitores.

CARTÃO DE ELEITOR ELEIÇÕES RECENSEAMENTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)