Centro de Integridade Pública de Moçambique acusa Governo de ocultar operações financeiras

Organização defende que governo nunca proporcionou ao público informação sobre atrasos na liquidação de despesas cabimentadas.
Por Lusa|13.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Centro de Integridade Pública (CIP), organização da sociedade civil moçambicana, acusou esta sexta-feira o Governo de ocultar operações financeiras importantes, assinalando que essa conduta tem comprometido a política fiscal.

Numa análise divulgada esta sexta-feira, o CIP apoia-se numa recente declaração do governador do Banco de Moçambique, Rogério Zandamela, que afirmou que o saldo da dívida pública de maio reportada pelo Governo não incluía outros valores de dívida pública interna, tais como contratos mútuos e de locação financeira e responsabilidades em mora.

Para aquela organização da sociedade civil, desde sempre, o Governo nunca proporcionou ao público informação sobre atrasos na liquidação de despesas cabimentadas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!